domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias

In:

Projeto arapiraquense de Música concorre a premiação e depende de votação popular

Por Assessoria

Desde os primórdios, o ser humano se volta para alguma coisa que lhe estimule, seja em volta da fogueira, ouvindo histórias, ou mesmo em uma roda de dança ou música.

Assim, com essa característica social intrínseca, a evolução se deu através do toque, do contato, da comunicação.

E nada melhor que os sons para fazer com que algo ou um sentimento seja ouvido e sentido, sem maiores explicações.

Por isso o projeto arapiraquense Música em Movimento está fazendo um trabalho tão ímpar em Arapiraca.

Encabeçado pelo maestro Marcos Sena, o projeto leva desde fevereiro de 2014 a música para bairros e comunidades da segunda maior cidade de Alagoas.

ENTRE OS MELHORES

Agora o Música em Movimento passou por uma seletiva entre dois mil projetos de todo o Brasil, ficando entre os 100 melhores após curadoria do Movimento Bem Maior, organização cujo fundador é o apresentador global Luciano Huck, juntamente com outros empresários.

Assim, a ONG arapiraquense está concorrendo a um montante de R$ 100 mil reais, caso vença. Para isso, precisa do voto popular para ficar entre os 50 melhores – o que garante o incentivo financeiro para bancar esta luta social e musical.

A quantia será válida por um ano e pode ser renovada (isto é, mais R$ 100 mil) para um segundo ano.

“Esse projeto itinerante de música começou com minha inquietude como professor. Eu queria ver aqueles estudantes avançando mais e mais, rumo a um caminho profissional”, diz o maestro Marcos Sena.

As aulas são dadas para alunos da Rede Municipal de Ensino e de instituições de ensino do Estado em seu contraturno, de forma gratuita, envolvendo violão, canto, saxofone, carron e teclado.

Isto tem mudado a percepção e aguçado a sensibilidade nestes jovens, que lidam com disciplina e atenção, duas virtudes que vêm se perdendo em um mundo de cada vez mais estímulos tecnológicos.

“Nosso intuito sempre foi dar oportunidade e flexibilizar este ensino de Música a crianças e adolescentes que não teriam comumente acesso a isso, senão gratuitamente”, diz o maestro, ressaltando que o público-alvo são jovens de sete a 14 anos de idade, devidamente matriculados em suas escolas.

E para que este projeto alcance e mude mais vidas em Arapiraca, basta seguir alguns poucos ritos para a votação abaixo. Depois é só entrar na torcida! A Música não pode parar.

CONFIRA O PASSO A PASSO E VOTE!

❇ Acesse o site: www.movimentobemmaior.org/edital2019vote
❇ Realize o cadastro
❇ Valide o cadastro no seu e-mail
❇ Retorne ao site
❇ Pesquise por: Projeto Música em Movimento
❇ Vote!

Conheça mais sobre o projeto arapiraquense neste documentário, realizado em 2016 pela Zóio Comunicação:

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com