domingo, 18 de agosto de 2019

Notícias

In:

Kvitova arrasa tenista da casa e volta à semifinal na Austrália após 7 anos

Cada vez mais embalada no Aberto da Austrália, a checa Petra Kvitova fez mais uma vítima nesta terça-feira e garantiu o seu lugar na semifinal em Melbourne, o que não acontecia desde 2012. A número 6 do mundo arrasou a local Ashleigh Barty por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h08min.

Ainda sem perder um set sequer no primeiro Grand Slam da temporada, Kvitova vai disputar a semifinal em Melbourne pela segunda vez na carreira. Na primeira, há sete anos, não conseguiu avançar à decisão. Desta vez, terá pela frente, em sua tentativa de alcançar a final, a norte-americana Danielle Collins.

Em grande fase neste início de temporada, Kvitova vem do título conquistado em Sydney, antes do Aberto da Austrália. E soma no momento dez vitórias consecutivas. O bom momento manteve a checa na briga para se tornar a número 1 do mundo, posição que nunca alcançou na carreira.

Com o triunfo desta terça, ela já desbancou a romena Simona Halep do topo. Contudo, ainda tem a concorrência da japonesa Naomi Osaka, da ucraniana Elina Svitolina e compatriota Karolina Pliskova na briga para alcançar a primeira posição. As rivais ainda estão na briga pelo título na Austrália.

Para Kvitova, a chegada à semifinal também é simbólica por ser o primeiro grande resultado num Grand Slam desde que sofreu graves lesões na mão esquerda ao sofrer um assalto em sua casa, no fim de 2016. Na época, correu riscos de não conseguir jogar mais. Ao fim do jogo, ela chorou ao afirmar que não esperava voltar a jogar neste nível. Ela é dona de dois títulos em Wimbledon.

Para voltar a uma semifinal de Grand Slam, o que acontecia desde 2014, Kvitova precisou despachar a maior esperança da torcida local em Melbourne. Ashleigh Barty, com grandes atuações até então, vinha concentrando toda a atenção dos fãs australianos.

Mas a número 15 do mundo não resistiu ao forte ritmo da checa. Kvitova acertou 74% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço e disparou 25bolas vencedoras, contra apenas oito da rival. Assim, obteve três quebras de saque, em cinco oportunidades. Barty desperdiçou as três chances que teve.

Com o grande desempenho, Kvitova se credenciou para um inesperado duelo com Danielle Collins. A tenista de 25 anos, atual 35ª do ranking, nunca havia passado da primeira rodada de um Grand Slam até este Aberto da Austrália. Agora ela já soma cinco vitórias em Melbourne.

Nesta terça, o quinto triunfo foi obtido sobre a russa Anastasia Pavlyuchenkova, de virada, pelo placar de 2 a 1, com parciais de 2/6, 7/5 e 6/1.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com