sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Um novo espaço ciências

O Espaço Ciências, do Instituto de Tecnologia ORT, em Botafogo, foi inaugurado com as bênçãos internacionais dessa importante organização pedagógica. Veio ao Rio o Prof. Vladimir Dribinskiy para participar, ao lado do presidente Armando Klabin, de momentos de relevo, com notória repercussão no espírito dos jovens que lá se encontravam. Enquanto a solenidade acontecia, meninos e meninas exercitavam os seus conhecimentos de robótica, para espanto dos presentes. O ORT está muito bem equipado.

O Instituto de Tecnologia ORT é uma instituição judaica, laica, pluralista e inclusiva, que tem por missão a formação acadêmica e profissional de jovens, qualificando-os para o ingresso nas universidades e também aptos a atuar no mercado de trabalho.

Numa viagem feita ao Estado de Israel, tive o privilégio de conhecer, em Tel Aviv, o Instituto Aron Singalovsky, administrado pelo ORT, com 5 mil alunos. É impressionante o zelo pelos seus laboratórios de ciência e tecnologia. Cerca de 2/3 dos alunos adquirem conhecimentos em nível de ensino médio, para entrar direto no mercado de trabalho. Os demais sobem ao ensino superior, para frequentar os afamados cursos do Estado de Israel, que produz profissionais de primeiríssima qualidade. Eles lá constroem um segundo e importante Vale do Silício. Alcançam conquistas que certamente beneficiarão a humanidade.

No Rio de Janeiro, foi inaugurado o Espaço Ciências, muito bem montado. Foi modernizado o laboratório de Biotecnologia, doação original de Rose e Wolff Klabin, em 1999. Com o mesmo propósito, o ORT contou agora com as contribuições de Henrique Flanzer e André Jakurski, além de outros doadores que preferiram permanecer no anonimato. O complexo inclui laboratórios de ciências e física, todos muito bem montados. No caso do laboratório de Biotecnologia, houve a contribuição fundamental do famoso Centro de Pesquisa da Klabin do Paraná.

Com essas providências, o nível de competitividade do Instituto de Tecnologia subiu muito, num mercado de que hoje conta com escolas como as do Grupo Eleva, dirigidas por Duda Falcão, em suas sedes de Botafogo e Barra da Tijuca. O Rio se prepara  para o futuro com grande e decisivo empenho.

Dentro da filosofia do aprender fazendo, o ORT dedica-se com igual afinco a Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática, com professores altamente qualificados. A sua imagem de eficiência se desdobra por 37 países, abrangendo mais de 300 mil alunos. Seguramente, é uma experiência notável.

Segundo nos esclareceu o dirigente Armando Klabin, são muitos os seminários de reciclagem e modernização de técnicas e tendências, na área da educação, com o compartilhamento de experiências em diversos países.

 No caso do Brasil, mantemos um vivo intercâmbio com o Instituto Weizmann de Ciências, em Rehovot, uma das mais extraordinárias organizações científicas do mundo, com vários pesquisadores que ganharam Prêmio Nobel. Não se pode desejar nada melhor em matéria de desenvolvimento científico e tecnológico.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com