sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Notícias

In:

Colisão de trens na Alemanha deixa 9 mortos e cerca de 150 feridos

Por Redação com G1
Imagem aérea mostra composições após o choque na Alemanha (Foto: Peter Kneffel/dpa via AP)

Imagem aérea mostra composições após o choque na Alemanha (Foto: Peter Kneffel/dpa via AP)

 

Dois trens de passageiros colidiram na manhã desta terça-feira (9) no sul do estado da Baviera, na Alemanha, deixando nove pessoas mortas. Segundo a agência Reuters, mais de 100 pessoas ficaram feridas – algumas em estado grave. Duas pessoas desaparecidas, informou o ministro de Transportes.

O feridos graves foram levados em helicóptero a um hospital. Os feridos leves foram transportados em ambulâncias. A causa do acidente ainda está sendo investigada.

De acordo com a imprensa local, a colisão ocorreu por volta de 7h, na linha entre Holzkirchen e Rosenheim, a 41 km ao sudeste de Munique. Uma das composições descarrilou. O acidente ocorreu nas proximidades da cidade de Bad Aibling, uma estação de águas localizada 60 km ao sul de Munique. O acidente interrompeu os serviços de trens na região.

O Ministro de Transportes alemão, Alexander Dobrindt, disse em coletiva de imprensa que cada trem estava a uma velocidade de 100 km/h. “Temos que assumir que um condutor não pôde ver o outro antes do acidente”, disse.

Segundo ele, duas caixas pretas foram recuperadas e uma terceira está na parte danificada de um dos trens, mas também deve ser recuparada. Por isso, ainda não é possível tirar conclusões sobre a causa do acidente.

“As imagens que vocês veem são muito emotivas, porque não podemos imaginar que tais acidentes ocorram aqui. Por isso estamos com muito interesse em esclarecer exatamente o que houve, se foi um problema técnico ou uma falha humano”, afirmou o ministro.

Também é preciso esclarecer por que os dois trens estavam no mesmo trilho, disse o ministro.

“Este é o maior acidente que tivemos em anos na região e temos um time de paramédicos, ambulâncias e helicópteros envolvidos na operação”, disse à agência de notícias Associated Press o porta-voz da polícia, Stefan Sonntag.

Por causa do carnaval, que também é feriado na Alemanha, não houve aulas hoje na Alemanha, por isso os trens não carregavam crianças e adolescentes.

O último grande acidente com número alto de mortes na Alemanha tinha ocorrido em 2006, quando 23 pessoas perderam a vida e 10 ficaram feridas no choque entre um trem de passageiros e um veículo de manutenção dos trilhos, nas proximidades de Lathen, no oeste do país.

Angela Merkel se diz consternada com colisão frontal de trens

A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou-se hoje (9) “consternada” com a colisão frontal de dois trens no sul da Alemanha, que deixou pelo menos nove mortos e quase cem feridos. “Estou consternada e entristecida com o grave acidente desta manhã em Bad Aibling. Os meus pensamentos estão especialmente com as famílias das nove pessoas que perderam a vida, mas também com os muitos feridos”, afirmou Merkel, em comunicado.

A chanceler agradeceu aos serviços de socorro “pelo trabalho incansável em condições difíceis” e disse-se confiante de que as autoridades vão desenvolver “todos os esforços para esclarecer as causas deste acidente”.

A Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia, também manifestou tristeza e disse estar disponível para prestar a assistência necessária. A Comissão disse estar acompanhando o caso junto com a Agência Ferroviária Europeia (AFE).

O acidente aconteceu às 6h (horário local) na localidade de Bad Aibling, no estado da Baviera, cerca de 60 quilômetros a sudeste de Munique. No local, de difícil acesso, equipes de resgate continuam com ambulâncias e helicópteros para socorrer os feridos e transportar os casos mais graves para os hospitais. A batida frontal fez com que os trens descarrilassem.

As causas do acidente ainda não são conhecidas. O grupo francês Transdev, responsável pela companhia Meridian, proprietária dos dois trens, já manifestou estar chocado com o acidente e anunciou o desejo de ver explicadas as causas da tragédia. O mais recente balanço da polícia local é de nove mortos, um desaparecido, 18 feridos graves e 63 feridos ligeiros.

 

* Atualizada às 17:50h

 

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com