quinta-feira, 06 de Maio de 2021

Notícias

In:

Defesa civil de Arapiraca orienta sobre cuidados durante o período chuvoso

Por Erick Balbino

Foto: Samuel Alves/Ascom Arapiraca

Com o início do período de chuva em Arapiraca, a Defesa Civil Municipal faz algumas orientações à população sobre os principais cuidados para garantir a proteção de todos.

De acordo com o alerta meteorológico da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), as condições atmosféricas próximas a costa leste do Nordeste devem manter as condições favoráveis a ocorrência de pancadas de chuva no Agreste alagoano.

Uma das primeiras medidas preventivas orientadas pela Defesa Civil de Arapiraca é a limpeza das calhas, que deve ser efetuada sempre durante a estiagem e favorece o escoamento da água da chuva, evitando infiltrações na estrutura da casa e também o comprometimento da parte elétrica. É importante que durante a análise, também seja monitorada a fixação correta dos telhados.

Atenção! Se, durante as chuvas, você perceber o destelhamento devido aos ventos fortes, a orientação é permanecer dentro da residência e procurar um abrigo, como uma mesa ou cama, para evitar ser atingido por cacos e pedaços de telha.

E se as chuvas estiverem acompanhadas de raios, é muito importante não usar telefone ligados em tomadas e não ficar próximo de canos, janelas e portas metálicas.

Para quem estiver fora de casa:

– Evite segurar objetos metálicos longos, como varas de pesca e tripés;
– Evite empinar pipas ou aeromodelos com fio;
– Evite andar a cavalo;
– Evite permanecer na água;
– Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios;
– Evite permanecer em áreas abertas, como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;
– Evite permanecer no alto de morros ou no topo de prédios;
– Evite se aproximar de cercas de arame, varais metálicos, linhas elétricas aéreas e trilhos;
– Nunca se abrigue debaixo de árvores isoladas.

Durante as chuvas, a Defesa Civil Municipal orienta, ainda, que a população evite entrar em piscinas ou lagos por conta do risco de descargas elétricas. Em rios e cachoeiras, o perigo é ainda maior, pois há possibilidade de tromba d’água.

Em caso de invasão de água nas residências, a orientação é que o disjuntor seja desligado para evitar o risco de eletrocussão. O equipamento só deve ser religado após revisão da rede elétrica.

Em caso de emergências, o primeiro órgão a ser acionado deve ser o Corpo de Bombeiros Militar, através do 193. A instituição também é responsável por acionar a Defesa Civil, em casos iminentes de desabamento de estruturas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *