terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias

In:

Datafolha RJ: Castro tem 23% das intenções de voto, e Freixo, 22%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 1º, mostra que na disputa pelo governo do Rio de Janeiro o atual governador, Cláudio Castro (PL), e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) seguem na liderança das intenções de voto. Castro tem 23% das intenções e Freixo 22%. Os dois continuam em empate técnico, como registrado na pesquisa divulgada em abril. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.

Segundo o levantamento, enquanto Freixo apresentou estabilidade desde o último levantamento, Castro oscilou positivamente cinco pontos porcentuais.

O ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT) ficou com 7% das intenções, Eduardo Serra (PCB), com 6% e Cyro Garcia (PSTU), com 5%. Todos em empate técnico. O coronel Emir Larangeira (PMB), o ex-presidente da OAB Felipe Santa Cruz (PSD) e o deputado federal Paulo Ganime (Novo) registraram 2% das intenções de voto cada. Todos esses apresentam estabilidade em relação ao levantamento de abril.

De acordo com o instituto, 22% dos eleitores declararam pretender anular o voto em outubro. Há três meses, a taxa era de 33%. Outros 10% afirmaram ainda não saber em quem votar.

Segundo cenário

O instituto também testou um segundo cenário com o nome do ex-governador Anthony Garotinho (União Brasil). Ele aparece com 7%, atrás de Freixo, com os mesmos 22%, e Castro, com 21%. Neves (6%), Serra (5%) e Garcia (4%) perdem, cada um, um ponto porcentual em relação ao cenário sem o ex-governador. Garotinho ainda depende de uma decisão no Supremo Tribunal Federal (STF) para se tornar elegível.

Apoio

A influência do apoio dos pré-candidatos à presidência para os postulantes ao governo carioca também foi medido pelo. Segundo o Datafolha, 21% dos entrevistados afirmaram que votariam com certeza no nome apoiado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, neste caso, Freixo – eram 26% em abril. Neste grupo, o socialista tem 36% das intenções de voto, e Castro, 13%. Um quarto (25%) dos eleitores disse que talvez votaria e 51% declararam que não optariam de jeito nenhum no candidato de Lula.

Do outro lado, votariam com certeza no candidato defendido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) 18% dos eleitores, 22% talvez votariam e 58% não votariam de jeito nenhum. Neste cenário, Claudio Castro, nome apoiado pelo Planalto, tem 31% dos votos e o deputado do PSB, 4%.

O levantamento foi realizado entre quarta (29) e esta sexta-feira (1º), e entrevistou 1.218 eleitores em 32 cidades do Estado. Ele está registrado no TSE sob o número RJ-00260/2022 e BR-03991/2022.

Autor: Matheus de Souza
Copyright © 2022 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *