quinta-feira, 19 de Maio de 2022

Notícias

In:

Prefeito Gilberto Gonçalves implanta mais de 95% de iluminação em LED em Rio Largo

Por Gilberto Gonçalves

A implantação de 95% de luminárias em LED em todo o município de Rio Largo tem beneficiado os riolarguenses com mais segurança, qualidade de vida e sustentabilidade. Acompanhado da secretária de Relações Institucionais Gabriela Gonçalves, o prefeito Gilberto Gonçalves foi conferir mais uma troca de luminária, desta vez no trecho da BR-104 que corta o município.

Um dos principais objetivos do prefeito é fazer com que a população se sinta mais segura com a cidade toda iluminada em LED. “Os moradores da nossa cidade já podem se sentir mais tranquilos com as melhorias que estamos aplicando em toda a rede de iluminação pública de nossos bairros! São várias ruas e avenidas que já tiveram as luzes de seus postes substituídas das antigas lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED. Além de serem mais econômicas, as lâmpadas de LED trazem maior segurança para os cidadãos, evitando a ação de criminosos em locais com maior vulnerabilidade. É Rio Largo trabalhando, no rumo certo, para o bem-estar dos cidadãos!” disse o chefe do executivo municipal.

A secretária de Relações Institucionais, Gabriela Gonçalves explicou que as lâmpadas de LED têm melhor aproveitamento. “A luz do LED diminui a necessidade de manutenção e, consequentemente, o custo envolvido no processo, pois tem uma duração maior que a metálica”, explicou.

O trabalho é um esforço do prefeito que desde o início da sua gestão vem deixando a cidade mais iluminada com o que há de mais moderno.  Segundo o coordenador de Iluminação Pública, Peterson Henrique o LED também traz a sustentabilidade. As lâmpadas de vapor metálico são conhecidas como sendo de alta pressão, e funcionam mediante a descarga elétrica em um tubo de vidro contendo gases em seu interior, o que transforma a energia elétrica em luminosa. “Estes gases contaminam o solo no descarte. Já o LED não entrou na Lei de Resíduos Sólidos, pois não possui metais pesados em sua composição”, frisa.

É importante ressaltar que este serviço será desenvolvido continuamente até que todo o município tenha iluminação em LED implantada e os recursos utilizados são oriundos da taxa de iluminação pública.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *