sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Notícias

In:

Correição no TRT-19: ministro se reúne com representantes do Cejusc e Ejud

Por Ascom - TRT19

Nesta terça-feira (18/1), segundo dia de correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT-19), o ministro corregedor-geral da Justiça do Trabalho, Aloysio Corrêa da Veiga, visitou o Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) e a Escola Judicial (Ejud-19). Na oportunidade, parabenizou o desembargador Pedro Inácio da Silva, diretor da Ejud, e o juiz do Trabalho Flávio Luiz da Costa, coordenadora do Cejusc, bem como todos os servidores, pela organização dos setores e pelo trabalho que vem sendo realizado pelas equipes.

No Cejusc, o ministro Aloysio Veiga ressaltou a importância da conciliação como ferramenta de resolução de conflitos e defendeu a capacitação constante de servidores e magistrados na modalidade. “O Cejusc é o local próprio para realização de conciliação. Deve ser um local de acolhimento, com equipe capacitada para ouvir as partes e fazer com elas que, de fato, foram participes na negociação do acordo”, afirmou. “A melhor maneira de realizar justiça é chamando todos para conversar”, complementou.

A equipe de correição ainda questionou sobre o grau de adesão das varas do Trabalho no envio de processos ao Cejusc; sobre a necessidade de comparecimento pessoal das partes às audiências de conciliação e quanto à adoção da prática de mediação pré-processual no âmbito do Cejusc.

Durante a tarde, o ministro Aloysio Veiga e os juízes auxiliares da Corregedoria Roberta Ferme e Rafael Palumbo foram recebidos pelos desembargadores Marcelo Vieira e Pedro Inácio da Silva e pelo juiz Flávio Luiz da Costa, na sede da Escola Judicial. No encontro, o ministro reforçou a importância da qualificação de magistrados e servidores da Justiça do Trabalho para manter o nível de excelência de atendimento à sociedade.

Foram feitos questionamentos acerca da inclusão de cursos relacionados ao PJe, Gestão Estratégica e mídias sociais na programação acadêmica para 2022, além de questões relacionadas à autonomia administrativa e financeira da Escola.

AGENDA – Na quarta (19/1), o ministro corregedor fará atendimento ao público, entidades e advogados, reclamantes e reclamados que possuem processos tramitando no âmbito do TRT/AL e que fizeram o agendamento prévio, dentro do prazo estabelecido em Edital.

Na quinta-feira (20/1), o corregedor se reunirá com desembargadores membros da direção do TRT/AL e, na manhã desta sexta-feira (21/1), realizará a sessão de encerramento da correição, com a leitura da Ata.

ÁLBUM DE FOTOS NO FLICKR

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *