quinta-feira, 19 de Maio de 2022

Notícias

In:

[Briga do Sul reeditada] Vereador Ramos apoiará Marcius contra Marx em Palmeira

Por Redação

Briga política do Sul do Estado será reeditada em Palmeira

Uma rivalidade política entre membros da família Beltrão, baseada na região Sul do Estado está prestes a ser reeditada em Palmeira dos Índios.

O deputado-federal Marx Beltrão (PSD) e seu primo Marcius Beltrão (MDB), atual secretário de Desenvolvimento Econômico antagonizam disputas acirradas desde 2020. E na eleição anterior, Marcius venceu Marx em cinco municípios (Penedo, Coruripe, Feliz Deserto, Piaçabuçu e Jequiá da Praia.) enfraquecendo o parlamentar que segundo os experts agoniza eleitoralmente, sendo descartado seu nome do rol dos possíveis eleitos em outubro.

Por outro lado, o atual secretário de desenvolvimento de Renan Filho (MDB) se fortaleceu para a disputa por uma cadeira na Câmara Federal e além dos municípios que comanda atualmente estende suas ações para outras cidades do Sertão, como Palmeira dos Índios.

Na Princesa do Sertão, Marcius – o secretário fechou acordo político com o vereador Cristiano Ramos (PDT) que está prestes a retomar na marra do “imperador Júlio Cesar” a Secretaria Municipal de Educação. A nomeação de Manassés Furtado, primo do vereador que não saiu ainda no Diário Oficial deve ser publicada esta semana.

Marx mantinha esperança de obter uma votação expressiva em Palmeira dos Índios,  se o prefeito realmente “imperasse” no Município, mas terá concorrentes e adversários fortes como seu primo Marcius, que por tabela com o vereador Ramos “comandará” a secretaria de maior peso no município.

Bomba iria destruir império da fantasia

Até semana passada o “imperador Júlio Cézar” e o grupo de vereadores “estavam de mal” em virtude da demora da nomeação de Manassés Furtado, primo e afilhado político de Cristiano Ramos.

Os edis ameaçavam soltar uma bomba nesta segunda-feira (18), mas para evitar segundo alguns, os “efeitos devastadores” do explosivo, o “imperador” voltou a ficar de joelhos e cedeu à pressão.

Além da Educação, falta ainda o prefeito honrar os compromissos assumidos com o grupo Garrote, de ceder posições estratégicas da Secretaria de Saúde para o comando da deputada Ângela.

Em Palmeira dos Índios, os vereadores passarão a ter o comando de mais da metade das secretarias do município com a assunção de Manassés ao posto da Educação, fato revelado nesta Tribuna do Sertão em dezembro, mostrando que a “gestão imperial” é frágil diante dos legisladores locais.

Atualizada às 22h

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *