quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Notícias

In:

Vigilância Sanitária apreende 1.100 kg de alimentos impróprios na parte alta de Maceió

Por Amanda Ferreira (estagiária)

A Vigilância Sanitária apreendeu, no último final de semana, mais 1.100 quilos de produtos perecíveis em pontos comerciais dos residenciais Graciliano Ramos e Eustáquio Gomes que se encontravam impróprios para o consumo. A fiscalização identificou locais com risco sanitário iminente, sem condições de funcionamento. Os proprietários foram notificados e multados e deverão se adequar às normas sanitárias.

A fiscalização foi realizada sábado (16) e domingo (17) e foram retirados de circulação alimentos perecíveis como carne, calabresa, salsicha, presunto, queijo, salame, frango e manteiga. Foram fiscalizados supermercados, laticínios e frigoríficos. Nesses locais, a Vigilância verificou as condições de armazenamento, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos.

Fiscalização identificou produtos estragados e fora do prazo de validade

De acordo com o coordenador geral da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos, as equipes de fiscalização se organizaram para garantir que todos os pontos fossem fiscalizados.

“Fizemos a ação na parte alta de Maceió. Supermercados, laticínios e frigoríficos foram visitados pela nossa equipe para tirar de circulação alimentos impróprios para o consumo de todos os maceioenses. Além disso, ainda fizemos vistorias em pizzarias e panificações. Estamos trabalhando para melhorar a qualidade dos espaços físicos dos estabelecimentos e melhorar a qualidade dos produtos que serão fornecidos aos consumidores”, explica.

Vigilância Sanitária atuando para retirada de alimentos impróprios em Maceió. Foto: Vigilância Sanitária

Disque Denúncia

Para contribuir com a fiscalização, a Vigilância Sanitária também conta com um Disque denúncia, que funciona por meio do número 3312-5495. Pelo telefone, maceioenses podem solicitar inspeção de estabelecimentos irregulares no município.


Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *