quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Notícias

In:

Docente da Ufal organiza livro publicado por editora alemã-britânica

Por Thâmara Gonzaga

Créditos: Ascom Ufal

Falta de água para realizar atividades básicas, como tomar banho e limpar a casa. Energia mais cara e orçamento dos brasileiros cada vez menor, sobretudo, dos mais pobres. O Brasil vive uma crise hídrica e os cientistas, há tempos, alertam que a falta de preservação do meio ambiente tem relação direta com essa escassez.

Especialistas das diversas áreas do conhecimento se empenham em apresentar dados que mostram a necessidade urgente de preservar os recursos naturais, além de encontrar soluções que promovam a recuperação dos que já se encontram degradados. Nessa busca direcionada pela ciência, pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) têm dado contribuições relevantes e atuado em parceria com estudiosos brasileiros e de outros países.

Em setembro, o professor do Centro de Tecnologia (Ctec), Lucas Meili, em parceria com o docente Guilherme Luiz Dotto, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM-RS), organizou um livro que aborda soluções para tratar efluente líquido. Lançado pela editora alemã-britânica Springer-Nature, a obra Adsorventes magnéticos avançados para o tratamento de água (Advanced magnetic adsorbents for water treatment) contou com a contribuição de pesquisadores do Brasil, Chile, Argentina, Colômbia, Itália, República Tcheca, Eslováquia, Grécia, Catar, Irã, Canadá, China, Malásia e Índia.

O livro faz parte de uma série de publicações chamada Química ambiental para um mundo sustentável (Environmental chemistry for a sustainable world) que já conta com 67 volumes. A publicação organizada pelo docente do Ctec está disponível neste link.

Sobre o impacto da contribuição que a obra poderá alcançar, o professor relata que “a editora Springer-Nature é uma das líderes mundiais na publicação de livros acadêmicos, mantém os mais influentes jornais do mundo e atua nas áreas de ciência, tecnologia, medicina, ciências sociais e humanidades”. E destaca ainda: “Para mim, como pesquisador, é uma honra poder organizar e publicar um livro para a editora. Os pesquisadores mais importantes do mundo publicam seus livros na Springer-Nature. Portanto, é uma oportunidade para dar visibilidade mundial às nossas atividades de pesquisa realizadas dentro da Universidade Federal de Alagoas”.

Mais sobre a publicação

Pesquisador com atuação nas áreas de processos de separação com enfoque em tratamento de água, remediação de contaminação por óleo, produção de biodiesel e secagem em leitos móveis, professor Meili conta que, diante dos efeitos devastadores da poluição das águas, como destruição da flora, fauna e problemas de saúde aos seres humanos, há uma intensa busca por sistemas eficientes de tratamento de efluentes, como processos oxidativos avançados, precipitação, coagulação e separação por membranas. “Muitos desses sistemas necessitam da adição de outros produtos químicos, podendo gerar outros contaminantes durante o processo ou sendo muito caros”, explicou.

Ele conta que os adsorventes magnéticos vêm sendo muito estudados, pois, além da ação de remoção de poluentes, podem ser facilmente separados da água em decorrência de sua atividade magnética. “O livro publicado apresenta uma série de capítulos focados na apresentação de soluções neste campo de aplicação no tratamento de água contaminada”, revelou.

As vantagens da adsorção, explica o pesquisador da Ufal, “é ser uma operação de tratamento de efluentes eficiente, limpa e mais barata”. O professor ainda ressalta que o desenvolvimento de novos materiais adsorventes é um dos principais focos de pesquisadores das áreas de química, física, materiais e engenharia dentro do assunto adsorção.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *