quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Notícias

In:

Desenvolvimento Sustentável revitaliza ponto de lixo no bairro do Poço

Por Alexandre Vieira

A Prefeitura de Maceió segue atuando para coibir o descarte irregular na capital. Desta vez, nesta quinta (21) e sexta-feira (22), as equipes da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) estiveram no bairro do Poço transformando um ponto crônico de lixo, na Rua Quebrangulo, em mais um local sustentável.

Residentes da região reclamavam do mau cheiro e proliferação de animais peçonhentos

Antes e depois do ponto de lixo receber serviços da Sudes. Foto: Ascom Sudes

O descarte irregular de resíduos ainda é prática comum na capital. Por isso, os agentes desenvolvem, diariamente, ações de limpeza e plantio de mudas de árvores nativas em áreas afetadas pelo problema. Somente este ano, mais de dez pontos já foram recuperados.

Foto: Ascom Sudes

Kedyna Tavares, diretora de Planejamento da Sudes, afirma que o órgão tem atuado de forma intensa na identificação e revitalização desses pontos.

“Sabemos como é difícil eliminar esses pontos, pois as pessoas não colaboram e continuam praticando o descarte irregular. Porém, estamos mapeando e realizando essas ações que, além de promover a limpeza, fazem o plantio de mudas. Também integramos ações de educação ambiental para que o cidadão comece a atuar de forma positiva na região onde reside”, disse Kedyna.

Educação ambiental

Além dos serviços de recuperação do ponto, a equipe de educação ambiental da Sudes percorreu a região orientando moradores e comerciantes sobre a coleta domiciliar e coleta de volumosos, além do que descartar nos Ecopontos e nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela capital.

Equipes de educação ambiental orientam moradores do Poço. Foto: Ascom Sudes

Marco Antônio, comerciante da região, explica que já viu diversos animais peçonhentos na região e agradece pela ação de recuperação. “Sempre que passo vejo muitas baratas, ratos e até escorpiões. Esse lixo que as pessoas descartam errado ajuda nesse aumento. Agora, eu, os comerciantes e as pessoas que moram nessa região ficamos agradecidos, pois esses bichos não irão mais aparecer”, disse.

“Nossos educadores vão de porta em porta orientando e dialogando com o cidadão para que ele tome conta da sua região, faça denúncias e evite o descarte irregular. Somente educando, vamos conseguir ter a população como nossa aliada na tentativa de transformar Maceió em um local mais sustentável”, completou a diretora.

Desde o início da gestão, em janeiro, já foram retirados mais de 200 mil toneladas de resíduos sólidos em todos os pontos de lixo mapeados pela Superintendência.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *