sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Notícias

In:

Hospital Metropolitano realiza 1ª cirurgia de dilatação de estenose da Rede Pública de AL

Por Igor Nascimento

Cirurgia de Dilatação de Anastomoses ocorreu na quinta-feira (16), no HMA. Foto: Catarina Magalhães

Após mais de um ano dedicado ao atendimento de pacientes com Covid-19, o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió, passou a assistir pacientes com outras comorbidades. E, nessa quinta-feira (16), a unidade hospitalar realizou, com sucesso, a cirurgia de dilatação de estenose, primeira executada na Rede Pública do Estado.

O procedimento foi necessário, após um processo de cicatrização no esôfago, que comprimiu o órgão e dificultava a alimentação do paciente. Entretanto, por meio da cirurgia realizada no HMA, que resultou na dilatação do esófago, o paciente poderá levar uma vida normal e com qualidade.

Cirurgia de Dilatação de Anastomoses foi feita por vídeo e sem a necessidade de corte. Foto: Catarina Magalhães

Com auxílio da tecnologia, o procedimento foi realizado através da endoscopia, por meio de vídeo. Com isso, não houve a necessidade de realizar o procedimento convencional, com cortes, proporcionando ao paciente um pós-cirúrgico mais confortável.

Segundo o médico gastroenterologista do HMA, Leandro Batista, responsável pela cirurgia, o procedimento alcançou o seu objetivo. “Dilatamos a anastomose gástrica do esôfago, utilizando o balão hidrostático com êxito, conseguindo a passagem e uma abertura maior, o que irá proporcionar ao paciente poder se alimentar. O próximo passo é aguardar a cicatrização”, relatou.

Procedimento foi considerado um sucesso e vai trazer qualidade de vida para a paciente. Foto: Catarina Magalhães

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, com declínio da curva de contágio do novo coronavírus e, consequentemente, da redução da taxa de ocupação de leitos, houve a mudança de chave no Hospital Metropolitano, o que tem assegurado a realização de cirurgias eletivas e inéditas, como a realizada na quinta (16). “Com essa alteração no perfil assistencial dos nossos hospitais, estamos ampliando a assistência, atendendo à demanda reprimida e assegurando a realização de cirurgias que antes eram restritas à Rede Hospitalar Privada. Alagoas vive um novo momento e vamos seguir firmes levando saúde pra quem mais precisa”, salientou.

Para o secretário executivo de Ações em Saúde da Sesau, Marcos Ramalho, a realização da dilatação de estenose no HMA, comprova que a saúde pública está vivendo um novo momento. “Em pouco mais de um ano o Hospital Metropolitano já atendeu mais de 4 mil pessoas e, agora, oferece a sociedade o que há de mais moderno no atendimento em saúde, garantindo atendimento público de qualidade alagoanos”, salientou.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *