sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias

In:

Creas Benedito Bentes promove live com o Centro de Valorização da Vida

Por Iara Alencar (estagiária)

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), fará uma live em alusão à campanha do Setembro Amarelo. A ação é uma das propostas do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Benedito Bentes no mês de combate ao suicídio. A conversa será transmitida às 19h de hoje (27), através do perfil do Instagram do Creas.

Como palestrantes convidadas, a live contará com as participações da voluntária do CVV, Tamira Almeida; da assistente social, Adriana Barbosa; e da psicóloga Aparecida Fonseca. Responsável por ser uma das idealizadoras da ação, a coordenadora do Creas Benedito Bentes, Daniela Almeida, explicou a importância de eventos como este.

“Essa live tem por objetivo falar sobre a questão da valorização da vida, especialmente nesse mês, alusivo à prevenção ao suicídio. Vamos dar informações com a finalidade de prevenir os suicídios e as tentativas, informando sobre o trabalho do Centro de Valorização da Vida e também sobre os serviços ofertados pelo Creas”, explicou Daniela.

Live acontece nesta segunda-feira (27), às 19h.

Por se tratar de um assunto delicado e visto como tabu perante a sociedade, a psicóloga Aparecida Fonseca esclareceu a necessidade de pontuar os problemas mentais que estão presentes na comunidade, além de reforçar a importância do acolhimento sem preconceitos.

“A ideia é promover a informação, quebrando mitos e orientando a população sobre o sofrimento humano de forma ampla, inclusive daqueles que vivenciam violação de direitos ou que não têm vínculos afetivos sólidos. Por se tratar de um assunto complexo, existem diversas orientações que dependem da situação do indivíduo, mas, de forma geral, é imprescindível o acolhimento da pessoa sem julgamentos”, destacou a psicóloga.

Estima-se que no Brasil cerca de 13 mil suicídios são registrados todos os anos e um milhão em todo o mundo. Com a incidência de casos se agravando devido à pandemia, o secretário de Assistência Social, Carlos Jorge, reforçou a necessidade de alertar à população sobre procurar a ajuda necessária, além de afirmar o papel da gestão do Prefeito JHC.

“Trabalhar a questão mental é de extrema necessidade. A mente é responsável por todo o funcionamento de nosso corpo e cuidar dela é indispensável. A ação de hoje, abordando a temática de prevenção suicídio mostra, mais uma vez, a preocupação da gestão em zelar por quem mais precisa. Suicídio não é brincadeira. Se você conhece alguém ou está precisando de ajuda psicológica, procure ajuda profissional”, disse o secretário.

Como procurar ajuda?

De acordo com os dados da cartilha “Informando para prevenir”, publicada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), 96,8% dos casos de suicídio registrados estão associados com histórico de doenças mentais, que podem ser tratadas. O reconhecimento do problema e aceitar ajuda é de extrema importância para o tratamento. Em caso de problemas relacionado à saúde mental, o Centro de Valorização da Vida possui o canal 188, que disponibiliza profissionais da saúde para escutar e ajudar com os problemas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *