terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias

In:

Moradores da Mangabeiras são contemplados com auxílio emergencial do Município

Por Erick Balbino

Fotos: Magno Almeida/Ascom Arapiraca

“A prefeitura de Arapiraca trabalha para todos, mas sobretudo para os que mais precisam”. A frase tem sido constantemente externada pelo prefeito Luciano Barbosa e reflete bem a importância da atuação da Administração Pública para diminuir as desigualdades sociais.

Com esse objetivo, a Prefeitura de Arapiraca está disponibilizando, a partir desta segunda-feira (2), a primeira parcela do Auxílio Emergencial destinado às famílias em situação de vulnerabilidade social e risco social e habitacional do bairro Mangabeiras.

O benefício foi criado através da Lei n° 3.468, aprovada pela Câmara Legislativa e sancionada pelo prefeito Luciano Barbosa, e é destinado exclusivamente para a população que mora em barracos de lona e madeira no entorno do antigo aterro sanitário.

O cadastro das famílias beneficiadas foi realizado pela secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que realiza um trabalho constante junto à comunidade, através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Eva Pessoa.

De acordo com a assistente social Fabrícia Galindo, secretária de Desenvolvimento Social, o cadastro das famílias foi realizado levando em consideração alguns critérios como renda inferior a 1/4 do salário mínimo, inserção no Cadastro Único e nas listas da equipe socioassistencial, e que seja acompanhada pelo Cras.

“A população ao qual se destina o auxílio emergencial tem sua vulnerabilidade social aprofundada com os efeitos da pandemia, com efeitos acentuados pela agressividade e velocidade da disseminação do vírus e suas cepas. O auxílio criado pela prefeitura tem o objetivo de mitigar, ainda que parcialmente, os efeitos da pandemia para esses arapiraquenses”, explicou a secretária.

O repasse do auxílio emergencial para a população de Mangabeiras faz parte do Programa Viver Melhor, que é realizado através de um trabalho integrado entre as secretarias municipais.

“O trabalho desenvolvido é integrado. Cada secretaria tem uma responsabilidade neste trabalho que tem o objetivo final de melhorar a qualidade de vida da população”, continuou a secretária de Desenvolvimento Social, Fabrícia Galindo.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *