terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias

In:

Arapiraca 100 anos: secretarias trabalham em cooperação no Plano Plurianual visando diminuir desigualdades sociais

Por Mônica Nunes

Foto: Pablício Vieira/Ascom Arapiraca

Norteados pelo discurso do prefeito Luciano Barbosa, que defende a responsabilidade dos gestores públicos municipais em diminuir as desigualdades sociais, secretários e técnicos da Prefeitura de Arapiraca trabalham em mutirão para a elaboração do Plano Plurianual quadriênio 2022-2025. As reuniões têm sido coordenadas pela Secretaria de Gestão Pública através da Assessoria de Estratégia e Modernização, que tem à frente a servidora pública Salete Amorim.

Semanalmente têm sido realizados encontros entre grupos de secretarias municipais, divididas e quatro eixos: Desenvolvimento Humano; Gestão Institucional e Tecnologia; Qualidade de Vida e Sustentabilidade e Gestão Territorial.

“O nível apresentado e os objetivos propostos são extraordinários. Ficamos sempre muito felizes e empolgados com a qualidade do servidor publico de Arapiraca. Certamente a cidade só tem a ganhar com uma turma dessas”, falou Salete em uma de suas intervenções.

A cerimônia de abertura do PPA de Arapiraca, ocorrida em julho, aconteceu no Planetário e de lá para cá os encontros e reuniões têm sido constantes. Na oportunidade, o prefeito Luciano Barbosa discursou sobre suas intenções com relação ao Plano Plurianual visando as comemorações do centenário da cidade.

“Esse time precisa trabalhar em conjunto e com isso ter uma visão estratégica de governo, pensando sempre numa cidade para todos, mas principalmente para os que mais precisam”, falou ele.

Foto: Samuel Alves/Ascom Arapiraca

Mais de cem servidores estão envolvidos diretamente na elaboração do PPA, que na prática é vista pela população através das ações e políticas públicas, todas elas voltadas para a melhoria da qualidade de vida da população.

“São as ideias e propostas do cidadão comum que nos chegam através do Conselhos e da contínua participação popular; são as necessidades institucionais de custeio, como manutenção de prédios públicos e pagamento de servidores; são as realidades econômicas e possibilidades legais discutidas num grande fórum o que estamos fazendo”, avaliou a Secretaria de Gestão, Ariluce Cerqueira.

O Plano elaborado atende a responsabilidade de entes federativos, que inclui outros instrumentos de planejamento, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias, a Lei de Orçamentária Anual e os Planos Setoriais.

“É um trabalho minucioso e muito sensível, mas que norteia uma gestão responsável”, avaliou Salete. O resultado final será apresentado ao prefeito que o referendará. “ Ele é a nossa bússola de trabalho para uma Cidade melhor para todos nos próximos quatro anos”, argumentou a secretária Ariluce.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *