quarta-feira, 16 de junho de 2021

Notícias

In:

Pliskova avança à decisão do WTA de Roma pela 3ª vez consecutiva e buscará o bi

A tcheca Karolina Pliskova vem alternando bons e maus resultados no circuito mundial de tênis, mas quando o assunto é o WTA 1000 de Roma, na Itália, ela sente-se em casa. Neste sábado, em batalha de quase duas horas, a ex-número 1 do mundo superou a croata Petra Martic, por 2 a 1, avançando à terceira decisão seguida no torneio.

Campeã em 2019 e vice ano passado em Roma, Pliskova aguarda a vencedora do confronto entre a polonesa Iga Swiatek e a americana coco Gauff, para saber contra quem buscará o bicampeonato e o 17° troféu da carreira Será sua 31ª final.

Não foi tão fácil para a nona colocada do ranking atual, porém, chegar em mais uma final em Roma na brilhante carreira. A croata vendeu caro a derrota, decidida apenas no terceiro set, por 6/1, 3/6 e 6/2 em 1h57, na quadra principal do Foro Itálico de Roma.

O primeiro set foi tranquilo para a tcheca. Não teve nenhum break point contra e ainda quebrou o serviço da croata três vezes, transparecendo que a disputa seria sem problemas ao fechar em 6/1. Mas a história mudou no set seguinte, com Martic voltando mais ligada ao jogo. Desta vez, quem não deu chances foi a croata, sacando e devolvendo bem os pontos para cravar 6/3 com duas quebras.

A decisão ficou para o terceiro set e a maior experiência de Pliskova prevaleceu mais uma vez. Apesar de ter sofrido uma quebra na parcial, ela foi arrasadora no serviço da rival, ganhando três pontos e cravando um ótimo 6/2.

Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *