terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias

In:

Em relatório de estabilidade financeira, Fed cita riscos com níveis de preços

O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) divulgou nesta quinta-feira, 6, o relatório semianual de estabilidade financeira, em que descreveu persistentes riscos decorrentes da pandemia de coronavírus e destacou a vulnerabilidade dos mercados. Segundo o documento, a acelerada recuperação da economia, em meio à vacinação contra a covid-19, impulsionou os preços de ativos ainda mais em relação aos já elevados níveis de 2020.

“Se houver declínio do apetite por risco de níveis elevados, uma ampla gama de preços dos ativos pode ficar vulneráveis a quedas grandes e repentinas, o que pode levar a um estresse mais amplo para o sistema financeiro”, alerta a instituição.

Na análise do Fed, os riscos associados à covid-19 seguem altos. Ainda assim, a autoridade monetária enxerga o sistema bancário com boa capitalização, mas adverte que os setores mais afetados pela crise podem infligir problemas de crédito. Já as dívidas das famílias, em relação à renda total, foram descritas como “moderadas”.

“Os riscos de financiamento em bancos domésticos permanecem baixos, porque esses bancos dependem apenas modestamente com financiamento de atacado de curto prazo e mantêm participações consideráveis em ativos líquido de alta qualidade”, pontua.

A instituição presidida por Jerome Powell reconheceu ainda a escalada dos juros dos Treasuries, ponderou que os rendimentos estão em patamares historicamente baixos. “Um aumento nos prêmios de longo prazo, se não for acompanhado por um fortalecimento do perspectiva econômica, poderia exercer pressão negativa sobre as avaliações em uma variedade de mercados”, reiterou.

Autor: André Marinho
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *