sexta-feira, 07 de Maio de 2021

Notícias

In:

Operação Cerco desarticula organização criminosa especializada no tráfico de drogas em Anadia e Maceió

Por Assessoria

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) e o Ministério Público do Estado, por meio do Grupo de Atuação Especial de combate ao Crime Organizado (GAECO), coordenaram uma operação integrada das Polícias Civil e Militar com o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa que atua na cidade de Anadia e em Maceió.  A ação acontece nesta quinta-feira (15) e cumpre 11 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão, todos expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

A operação é fruto de um trabalho investigativo do GAECO, realizado de forma integrada com o 4º Batalhão de Polícia Militar e a Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC).

A operação ganhou o nome de “Cerco”, pois esta organização atuava fortemente em Maceió, no bairro do Clima Bom, mas estendeu suas atividades criminosas para o município de Anadia. Graças ao trabalho realizado pelo 4º Batalhão e pela 1ª Companhia Independente foi possível chegar ao líder e aos membros da organização criminosa, originando assim o nome da operação.

Em Anadia, os mandados foram cumpridos nos bairros da Chã da Mangabeira, Mutirão, Tabuleiro Grande e Laranjeiras, regiões onde a organização criminosa atuava com tráfico de drogas. Já em Maceió, um mandado foi cumprido no bairro do Clima Bom.

Até o momento, sete pessoas foram presas. Durante o cumprimento dos mandados de prisão, um dos indivíduos atirou contra as equipes policiais, que reagiram à injusta agressão sofrida. Ele foi socorrido e encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Miguel dos Campos.

Também foram apreendidas duas armas e uma quantidade de drogas que ainda não foi pesada.

Todos os indivíduos e materiais apreendidos foram encaminhados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, para a confecção dos procedimentos cabíveis.

O efetivo participante

Para o cumprimento dos mandados durante a operação integrada foram empregados policiais militares dos 3º, 4º e 10º Batalhão, da 1ª e 4ª Companhia Independente, do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão Rodoviário (BPRv), Grupamento Aéreo, além de agentes da Gerência de Polícia Judiciária de Área 2 (GPJ2), ASFIXIA, e da DEIC.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *