sábado, 08 de Maio de 2021

Notícias

In:

Morre de covid-19 o jornalista Bernardino Souto Maior

Por Redação

Bernardino Souto Maior

Faleceu em Fortaleza, nesta tarde de domingo (11), em decorrência da covid-19  o jornalista Bernardino Souto Maior.

A informação foi dada oficialmente pelo jornalista Pedro Oliveira.

Bernardino estava internado em um hospital do Ceará, onde sua filha é médica. Intubado, passou por vários procedimentos – durante 36 dias, mas não conseguiu vencer a doença transmitida pelo coronavírus.

O jornalista Marcelo Firmino escreveu em seu Portal “É Assim” que Bernardino não era apenas um repórter. Era considerado uma “agência de notícias”;

Quando botei o pé na estrada dessa vida, o Bernardino Souto Maior já era um repórter consagrado. Polêmico, mas de luta. Dizia, carinhosamente, o saudoso Freitas Neto, da mesma geração dele, que se tratava de um jornalista compulsivo pelo volume de informações que colhia.

-O Bernardino não é um repórter é uma agência ambulante. É uma notícia atrás da outra. E era isso mesmo. E por isso foi correspondente de vários veículos nacionais. Tinha o faro apurado para notícia, nos seus bons tempos de reportagem.

Mas o decano se foi. Ficamos todos nós outros aqui a pedir ao comando superior que o acolha bem. Entre erros e acertos, como qualquer ser humano na vida, o Bernardino estará do lado das boas almas. Foi um cidadão solidário aos amigos e um verdadeiro amante do jornalismo. Que vá em paz. E seja luz onde estiver“, escreveu.

A neta Ana Carolina Souto Maior publicou no blog do Bernardino um texto se despedindo do avô: “É com muito pesar que informamos que acaba de falecer o Jornalista Chefe desse blog, Bernardino Souto Maior. Meus avôs sempre estiveram presentes nos melhores e piores momentos de minha vida. Eles souberam ser meus pais quando precisei, e ao mesmo tempo meus avós, daqueles bem babões.

Quem conheceu meu avô, via o orgulho de ser quem é (como profissional) e do que tem de mais precioso, sua família. Do amor que ele tinha por sua parceira, minha vó, pelos filhos, pelos netos, bisnetos então, nem se fala. Por falar em bisneto, que amor lindo, que ligação essa do Bernardo com o vô Beto dele. Com certeza, vai muito além do explicável. Que sorte a do Bernardo!

A perda de alguém que nos é significativo representa um acontecimento de vida potencialmente desestruturante. Por mais que a morte seja um destino inevitável, é a verdade; um tema doloroso na nossa sociedade. Foram 36 dias de muita luta, de desgaste emocional, mas também de muita união, de muita oração, pela sua saúde, pela sua recuperação. Mas nem sempre os planos de Deus coincidem com os nossos.

O covid venceu essa batalha, e você se foi. Mas não antes de lutar como o guerreiro que sempre foi. A nossa ligação jamais será cortada, eu serei sempre sua Kaka e você pra sempre o meu Voinho. Na confiança que Deus sabe de todas as coisas, até breve, meu amor, Eu te amo, muito! Aos amigos, agradeço por todas as orações e energia positiva dedicadas a meu avô”, escreveu.

A família ainda não anunciou onde será o sepultamento – que deverá guardar as restrições em virtude das orientações sanitárias contra a pandemia.

Mais de 50 anos de jornalismo

Bernardino Souto Maior possuia mais de 50 anos dedicados ao jornalismo brasileiro, tendo iniciado aos 17 anos, em 1968, na rádio Educadora Palmares como jornalista esportivo. Passou pelos mais respeitados jornais e revistas Nacionais: Revista Placar, Veja, Istoé, Visão (extinta) Correio de Maceió, Semanário Desafio, Jornal de Alagoas e Tribuna de Alagoas (extintos), Jornal Gazeta de Alagoas, Folha de São Paulo, Diário de Pernambuco. Colaborou vários anos com uma coluna política nesta Tribuna do Sertão.

Foi ainda assessor de comunicação da empresa de energia do Estado: Ceal (extinta). E também trabalhou assessorando políticos de Alagoas.

Ultimamente Bernardino comandava o blog político que levava seu nome, trazendo as principais notícias do campo político de Alagoas.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *