quinta-feira, 06 de Maio de 2021

Notícias

In:

Bolsas de NY fecham em baixa, após recordes recentes

As bolsas de Nova York fecharam em baixa nesta segunda-feira, 19, após uma semana de altas que levou o Dow Jones e o S&P 500 a renovarem recordes históricos na sexta-feira. Além da realização de lucros, o mercado observou balanços corporativos, com destaque para a Coca-Cola, e na expectativa por IBM e United Airlines, com divulgação de resultados prevista para depois do fechamento do pregão. Um dos setores com as principais baixas foi o de tecnologia, com a Tesla apresentando perdas após um acidente envolvendo um veículo fabricado pela empresa.

O Dow Jones caiu 0,36%, a 34.077,63 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,53%, a 4.163,26 pontos, e o Nasdaq teve baixa de 0,98%, a 13.914,77 pontos.

A LPL Markets aponta um começo de semana com “leve baixa”, após as recentes altas, e com atenção aos resultados de mais de 80 empresas do S&P 500 que serão divulgados nos próximos dias. Algumas das principais baixas nesta segunda vieram do setor de tecnologia. Facebook (-1,29%), Amazon (-0,81%), e Twitter (-3,11%) recuaram. Tesla caiu 3,40%, após um veículo fabricado pela empresa provocar um acidente que matou duas pessoas em Houston no final de semana, com as investigações apontando para o carro estar sem direção no momento da colisão. Já as ações da Gamestop tiveram alta de 6,26% após a empresa divulgar um plano de sucessão de CEO.

Nos balanços, a LPL Markets aponta que os números até agora sugerem resultados acima do esperado, em especial no setor financeiro, que teve 94% das empresas superando as estimativas.

A Coca-Cola divulgou nesta segunda lucro líquido de US$ 2,25 bilhões entre janeiro e março deste ano, abaixo dos US$ 2,78 bilhões registrados no mesmo período do ano passado. Já o lucro por ação nos primeiros três meses de 2021 alcançou US$ 0,55, acima dos US$ 0,50 estimado por analistas entrevistados pela FactSet. As ações da empresa fecharam em alta de 0,60%.

Investidores também acompanham notícias sobre a vacinação nos EUA. Anthony Fauci, referência nas questões da pandemia de covid-19, destacou no domingo em entrevista à CBS que acredita que as autoridades devem liberar o imunizante da Johnson & Johnson até a próxima sexta-feira. O uso da vacina está suspenso no país após relatos de casos de trombose. Nesta segunda, as ações da J&J tiveram alta de 0,25%. Apesar de um cenário em que 50% dos adultos já receberam ao menos uma dose de imunizante, o número de novas infecções nos EUA voltou a crescer na última semana, em meio uma tendência global de piora no quadro pandêmico.

Autor: Matheus Andrade
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *