terça-feira, 20 de Abril de 2021
this slowpoke moves

Notícias

In:

Atendimento humanizado: espaço trate melhora a qualidade de vida de autistas

Por Lohuama Alves

Quanto mais cedo uma pessoa com autismo for diagnosticada, mais rápido se pode trabalhar para que ela tenha uma melhor qualidade de vida. Foi pensando nisso que a Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, adotou, um espaço para os cuidados e atenção às pessoas que possuem Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O espaço de Reabilitação e Reintegração de Crianças com Autismo, o Trate, foi inaugurado 2011 pelo prefeito Luciano Barbosa, sendo o primeiro espaço público ligado ao Sistema Único de Saúde (SUS) destinado ao atendimento de crianças autistas com necessidades especiais do Brasil.

Os trabalhos no Trate são realizados por meio de grupos e oficinas. As crianças aprendem a trabalhar a sociabilização, afetividade e o brincar funcional. Conforme a criança vai crescendo e sua estereotipia for se modificando pode passar para outros grupos ou oficina de música e artes.

No período da pandemia, os portadores de TEA e as famílias dos pacientes estão sendo atendidos de forma remota e online. As práticas são feitas uma vez por semana, mediante a agendamento e seguindo todos os protocolos de higiene e medidas preventivas com uso de máscara, higienização, aferição de temperatura e saturação.

Lidiane Bezerra, gerente do Espaço Trate, explica que as crianças autistas recebem um atendimento humanizado e o apoio da gestão e dos pais é fundamental. “Quanto mais cedo iniciar o tratamento, melhor será a vida do paciente. O serviço busca justamente fazer o diagnóstico nos anos iniciais da criança para acompanhar e aprimorar o seu desenvolvimento. Cada criança autista é única e apresenta particularidades que devem ser entendidas e respeitadas. Quanto ao reconhecimento do trabalho desenvolvido, é um fator motivador para a equipe”, ressaltou a gerente.

Prefeito Luciano Barbosa inaugura Trate em 2011

Ricardo Miranda buscou o atendimento precoce e conta a satisfação com o tratamento do Espaço Trate e a evolução de sua filha Sofia, que hoje tem 10 anos.

“Fico feliz com o quanto minha filha já evoluiu. Dedico meu tempo para cuidar da Sofia e o espaço nos ajudou muito desde o início quando foi implantado pelo prefeito Luciano Barbosa. Fomos acolhidos e hoje somos como família. Acredito que agora o espaço também terá mais investimentos e muitos pais se sentirão assim como eu”, destacou Ricardo Miranda.

Trate

O local fica na Rua Abraão de de Oliveira, no bairro Cavaco, e foi construído como prédio anexo do Centro de Medicina Física e Reabilitação de Arapiraca (Cemfra). Atualmente, o Trate atende mais de 70 famílias da 7ª macrorregião.

A equipe conta com psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, assistente social e enfermeira. O processo de avaliação dura alguns dias semanas, mas dependendo do caso pode demorar um pouco mais. O diagnóstico é feito através de observação direta do comportamento e de uma entrevista com os responsáveis. A porta de entrada é através das Unidades Básicas de Saúde.

2 de Abril

Nesta sexta-feira, 2 de abril, é o Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo. Essa data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2008 com o fim de estimular as sociedades a ter um maior conhecimento sobre o assunto.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *