segunda-feira, 19 de Abril de 2021
this slowpoke moves

Notícias

In:

Em entrevista no ‘Faustão’, Karol Conká afirma que não se considera cancelada

Após a eliminação recorde do Big Brother Brasil 21 com 99,17% dos votos, o “cancelamento” na internet e até a perda de contratos profissionais, Karol Conká está numa missão de recuperar o seu carisma com o público. A cantora esteve no Domingão do Faustão neste domingo, 28, falando sobre os aprendizados que tirou do reality show e o que pensa da sua nova realidade fora da casa.

“Uma coisa que eu aprendi é a ouvir mais quem está perto de mim, mas no final eu já estava meio que sendo alertada pelo Gil, Juliette, Sarah, Projota, Pocah. Só que eu já tinha perdido o controle, ali eu já estava bem ácida”, justificou a rapper. “Todo mundo está sujeito a ter um momento ruim. Não tenho esse tipo de tratamento com as pessoas. Se eu pudesse voltar, teria entrado com tratamento psiquiátrico. Para as pessoas entenderem mais sobre quem sou eu, é só ver toda uma trajetória que tive”.

Karol assistiu as passagens da sua participação no programa e não gostou do que viu. “Acho que não tem justificativa. Achei péssimo. Lá dentro, eu já estava tendo noção de que minhas atitudes não estavam sendo legais. O que eu conseguia controlar eram minhas lágrimas. Chorava escondido. Me sentia mal e amarga. Vejo e reconheço que errei, mas não posso me reduzir a 30 dias dentro da casa, isolada”, afirmou. “Acabei me entregando a um lado mais amargo. Estou muito arrependida. As pessoas não sabem o que eu tive que passar para aprender a ser essa rocha”, desabafou.

Karol acredita que, apesar de ter perdido o controle em alguns momentos, o recorte que foi feito do programa e propagado pela internet prejudicou ainda mais a sua imagem. “Os recortes que vão para internet maximizam muito, a impressão que dá é que eu estava o tempo inteiro daquele jeito. Mas eu tinha o meu momento de tranquilidade”, contou.

A rapper disse que não será tratada como uma criminosa pelos erros que cometeu no BBB. “Também não admito aparecer para o público definhando num erro que posso arrumar. Da mesma forma que o público repudiou minha atitude dentro da casa sendo áspera, acho que não podem ser tão ásperos assim comigo. Pessoas que falam de empatia e acabam fazendo linchamento em cima de uma pessoa que nem sabia o que estava fazendo direito na casa. Não estou me posicionando como vítima, mas não cometi um crime a ponto de ser tratada dessa forma”, defendeu-se a cantora.

Faustão disse à Karol que a vida julga desde o nascimento e que é preciso ter “muita serenidade, muita calma, para virar o jogo da vida”. A rapper afirmou que estava torcendo para sair logo do programa e que, apesar das pessoas estarem chateadas com ela pelo jogo, não se considera cancelada como artista. “Não me considero cancelada, acho que as pessoas ficaram com muita raiva de mim, foi um ódio coletivo, entendo, mas eles estão julgando uma Karol de dentro do jogo. Aqui fora é outra coisa. Não posso deixar minha espontaneidade, meu alto astral”, concluiu.

Autor: Redação
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *