sexta-feira, 05 de Março de 2021

Notícias

In:

Secretarias municipais alinham Protocolo Experimente Maceió

Por Assessoria

Atividade turística na orla ganhará novas medidas a partir do protocolo. Foto: Wesley Menegari

A Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) tem avançado nas etapas de consolidação do Protocolo Experimente Maceió e realizou, esta semana, uma reunião direcionada a órgãos da administração municipal que possuem algum relacionamento com a atividade turística. O encontro virtual, mediado pelo gestor da Semtel, Jair Galvão, contou com a participação do titular da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Enio Bolivar, além dos gestores da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Antônio Moura e de Desenvolvimento Sustentável (Sudes), Gustavo Acioli.

A discussão sobre como cada pasta pode contribuir na criação do protocolo teve como foco a regulamentação da prestação de serviços na orla da cidade, localidade que conta com uma atuação direta desses órgãos. Na oportunidade foram discutidas medidas específicas que deverão ser adotadas assim que for possível a reativação dos serviços mediante a flexibilização das medidas em vigor.

“A nossa ideia é criar um projeto comum que apresente aos turistas as adequações que estamos adotando em várias frentes. Nessa nova realidade é importante que haja um empenho conjunto entre as secretarias que possuem algum relacionamento com a atividade turística para demonstrar aspectos de segurança e bem estar aos turistas e maceioenses que forem frequentar os principais espaços públicos da cidade”, apontou o titular da Semtel.

Medidas específicas de cada órgão

Tendo em vista que cada órgão desempenha uma função específica, a reunião serviu para alinhar as medidas a serem adotadas por cada pasta. Uma ação conjunta que amplie o suporte aos prestadores de serviço da orla, na adoção de medidas de prevenção, assim como contribua com a organização e normas de uso dos espaços. Um projeto que atenda aos vários segmentos, de vendedores de coco a transportadores turísticos.

Gestores discutiram medidas em parceria para o protoloco.

A Semscs garantiu uma série de ações direcionadas a tapioqueiras, ambulantes, permissionários dos quiosques e ao ordenamento da faixa de areia para o aluguel de cadeiras e guarda-sóis. A Secretaria já vinha desenvolvendo um documento com essas medidas e aproveitou a oportunidade para compartilhar o seu conteúdo com determinações como a disposição espacial controlada, adoção de um mínimo distanciamento, criação de zonas espaçosas com a destinação de 20 metros livres na areia para uso dos banhistas e uso de certos equipamentos e acessórios, além de um reforço em demais atividades.

Já o gestor da Sudes, explicou que a Superintendência deverá contribuir também de forma direta, na regulação de espaços ao ar livre, por meio do incentivo ao acesso a atrativos que possam ser utilizados de maneira individual, como o Parque Municipal e o Parque de Horto. A pasta deverá ainda ampliar as ações de desinfecção e garantir um reforço na limpeza dos locais públicos com maior atuação dos garis. A Sudes planeja, ainda, realizar ações de conscientização e sensibilização por meio de campanhas educativas com turistas e maceioenses, bem como ambulantes orientados por equipes da Prefeitura.

Outro ponto discutido na reunião foi a atuação da SMTT na região, visto que o órgão regulamenta os estacionamentos e pontos de parada de transportadores de turismo para embarque e desembarque de passageiros, assim como fiscaliza e orienta o trabalho de taxistas e motoristas por aplicativo. Serviços que deverão ganhar ajustes e receber atividades de qualificação, campanhas direcionadas, além de obedecer novas medidas, como o uso de EPIs, enquanto for obrigatório no âmbito municipal. A SMTT lembrou ainda que tem reforçado o trabalho de higienização no transporte coletivo.

Todo essa ação conjunta deverá ser organizada em um documento com viés lúdico e explicativo, que indique as medidas de cada decreto em vigência e apontando uma retomada gradual das atividades. O material deve ter uma apresentação leve e que vise se aproximar do turistas no intuito de apresentar pontos e medidas que estarão sendo adotadas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *