terça-feira, 20 de Abril de 2021
this slowpoke moves

Notícias

In:

Município oferece assistência acessível em saúde mental

Por Cássia Oliveira

Unidades da rede oferecem serviços de assistência em saúde mental, com acesso livre para toda a população. Foto: Ascom SMS

Num trabalho direcionado para a oferta de uma assistência psicossocial qualitativa e humanizada, a Gerência de Atenção Psicossocial (GAP) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem ampliado os esforços para fortalecer cada vez mais a Política de Saúde Mental em Maceió.

Consolidando o fluxo da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) do município, que contempla diversos meios com a finalidade de evitar, para as pessoas em sofrimento mental, a necessidade de internação em hospitais psiquiátricos, a Gerência vem fortalecendo os serviços substitutivos com novas estratégias e capacitações para as equipes, que atuam de forma intersetorial para garantir o cuidado integral a esses usuários.

“A intersetorialidade da saúde com outras áreas do município, como Educação, Assistência Social, Trabalho e Economia Solidária, Esporte e Turismo, além das equipes do NASF e do Consultório na Rua, tem sido fundamental para que essa rede de cuidados se consolide e, junto às unidades, possa detectar esses pacientes e garantir a eles o acompanhamento ou tratamento adequado”, afirma Izolda Dias, gerente da GAP.

Izolda Dias, gerente de Atenção Psicossocial do município. Foto: Neno Canuto – Ascom/SMS

Nesse sentido, a Gerência da SMS também tem procurado investir em orientações e campanhas de divulgação, a exemplo da mobilização do Janeiro Branco, que foi finalizada há cerca de uma semana, para fazer com que a saúde mental seja um motivo de atenção para a população, prevenindo assim o adoecimento emocional das pessoas ou ajudando-as com os caminhos apropriados para a superação dos problemas.

Esses caminhos estão definidos dentro da Rede de Atenção Psicossocial, com a oferta de serviços de assistência em saúde mental, com acesso livre para toda a população. Na capital alagoana, além das Unidades de Referência, que oferecem atendimento em psicologia e psiquiatria, a SMS disponibiliza ainda 05 (cinco) Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), onde podem ser tratados os casos de sofrimento mental severo e persistente, como psicoses, neuroses, autismo, esquizofrenia ou mesmo depressão.

Saiba mais sobre os locais onde buscar apoio:

LOCAL

II Centro de Saúde

Praça da Maravilha, s/n – Poço

3312-5499

US Roland Simon

Rua Cabo Reis, s/n – Vergel do Lago

3312-5503

UBS Osvaldo Brandão Vilela

Rua Lafaiete Pacheco, s/n – Ponta da Terra

3312-5498

US Pitanginha

Rua Antônio Nogueira, s/n – Pitanguinha

3312-5516

PAM Bebedouro

Alameda Carmelita Omena de Farias – 189-1 – Petrópolis

3312-5519

US João Paulo II

Rua Manoel Viana de Oliveira, s/n – Jacintinho

3312- 5534

US Hamilton Falcão

Av. Tabuleiro, s/n – Benedito Bentes I

3312-5546

US Ib Gatto

Rua da Floresta, s/n – Tabuleiro

3312-5564

US Vanderli Maria de Andrade

Rua Boa Vista, 20 – Riacho Doce

3312-5570

CAPS Rostan Silvestre

Rua Augusto Cardoso, s/n – Jatiúca

Área: 1º, 2º e 8º DS – 3312-5500

Horário: 7h às 20h

CAPS Sadi de Carvalho

Rua Empresário Jorge Montenegro Barros, 2.392 – Chã de Bebedouro

Área: 4º e 7º DS – 3312-5521

Horário: 7h às 19h

Caps Noraci Pedrosa

Rua Antônio Joaquim de Oliveira, 69 – Jacintinho – Área: 3º, 5º e 6º DS

3312-5532 – Horário: 7h às 20h

CAPS AD Everaldo Moreira

(Álcool e Outras Drogas)

Rua Barão José Miguel, 378 – Farol

Área: Todo o município

3312-5517 – Horário: 24h

CAPSi Luiz da Rocha Cerqueira

Rua E, 513 – Conjto José Tenório – Serraria

Área: Todo o município

3312-5540 – Horário: 6h às 20h

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *