sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias

In:

Brasileirão: diferença entre os seis primeiros é a menor desde 2006

Por Redação com Globo Esporte
(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O Campeonato Brasileiro vai para a terceira rodada do segundo turno no próximo fim de semana, o primeiro em que não dividirá a atenção do torcedor com a Olimpíada neste mês de agosto. Ainda faltam 17 rodadas para o término da competição, mas a briga pelo título e para conquistar as vagas na próxima edição da Taça Libertadores segue acirrada. No caso do torneio continental, o importante para os quatro primeiros – Palmeiras, Atlético-MG, Corinthians e Flamengo – é fazer com que a diferença de pontos para os demais concorrentes seja cada vez maior para não chegarem na reta final correndo o risco de perder a classificação.

Uma tarefa que tende a ser bastante complicada num campeonato equilibrado, em que a vantagem do líder Palmeiras (40) para o sexto colocado, Grêmio (35), é de apenas cinco pontos. A distância poderia ser ainda menor, visto que o Tricolor gaúcho tem um jogo a menos que os demais. É a menor diferença desde 2006, quando o Brasileirão no formato de pontos corridos passou a ser disputado por 20 clubes.    

Até então, a menor distância entre os seis primeiros era de sete pontos, ocorrida nos anos de 2009 – Palmeiras (40) e Atlético-MG (33) – e 2011 – Corinthians (40) e Palmeiras (33). Por sua vez, a maior maior diferença foi registrada em 2013. Na ocasião, o Cruzeiro (46) liderava o Brasileirão com 15 pontos de vantagem para o arquirrival Atlético-MG (31). 

Ano passado, a distância do primeiro colocado, Corinthians (46), para o sexto colocado, Atlético-PR (33), era de 13 pontos após 21 rodadas, a segunda maior neste período. Vale lembrar que para efeitos de classificação para a Taça Libertadores o G-4 pode virar G-5 ou até mesmo G-6, caso os títulos das Copas do Brasil e Sul-Americana sejam conquistados por um de seus integrantes. 

Corinthians, Palmeiras e Atlético-MG estão nas oitavas de final da Copa do Brasil e vão enfrentar Fluminense, Botafogo-PB e Ponte Preta, respectivamente. O Flamengo, já eliminado no mata-mata nacional, pode assegurar participação na competição de clubes mais importante das Américas se for campeão da Copa Sul-Americana.

Por falar em título do Brasileiro, a disputa promete ser ponto a ponto até as últimas rodadas. A atual diferença de três pontos entre os quatro primeiros após 21 rodadas, assim como em 2011, também é a menor registrada desde 2006. A maior foi registrada ano passado, quando o Corinthians (46) liderava com 12 pontos de vantagem sobre o Palmeiras (34). 

Confira a diferença entre o primeiro e o sexto colocados desde 2006

2016

Palmeiras – 40
Atlético-MG – 38
Corinthians – 37
Flamengo – 37
Santos – 36
Grêmio – 35

Diferença: 5 pontos

2015

Corinthians – 46
Atlético-MG – 42
Grêmio – 38
Palmeiras – 34
São Paulo – 34
Atlético-PR – 33

Diferença: 13 pontos


2014

Cruzeiro – 46
São Paulo – 42
Internacional – 37
Corinthians – 36
Fluminense – 35
Grêmio – 35

Diferença: 11 pontos

2013

Cruzeiro – 46
Botafogo – 42
Grêmio – 37
Atlético-PR – 35
Internacional – 34
Atlético-MG – 31

Diferença: 15 pontos

2012

Atlético-MG – 44
Fluminense – 44
Grêmio – 41
Vasco – 38
São Paulo – 34
Cruzeiro – 34

Diferença: 10 pontos


2011


Corinthians – 40

São Paulo – 38
Vasco – 38
Botafogo – 37
Flamengo – 36
Palmeiras 33

Diferença – 7 pontos

2010

Fluminense – 41
Corinthians – 38
Botafogo – 37
Cruzeiro – 37
Santos – 34
Internacional – 32

Diferença: 9 pontos

2009

Palmeiras – 40
Goiás – 38
Internacional – 37
São Paulo – 36
Avaí – 34
Atlético-MG – 33

Diferença – 7 pontos

2008

Grêmio – 44
Cruzeiro – 39
Botafogo – 37
Palmeiras – 37
São Paulo – 36
Flamengo – 35

Diferença: 9 pontos

2007

São Paulo – 44
Cruzeiro – 38
Botafogo – 37
Palmeiras – 36
Vasco – 35
Santos – 33

Diferença – 11 pontos

2006

São Paulo – 40
Internacional – 37
Santos – 35
Grêmio – 35
Vasco – 33
Figueirense – 31

Diferença: 9 pontos

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *