domingo, 16 de Maio de 2021

Notícias

In:

Terceira etapa da ampliação da UE do Agreste será autorizada nesta sexta

Por Ivan1

Unidade do Agreste é referência para moradores de 0 municípios alagoanos (Foto: Arquivo Secom)

Unidade do Agreste é referência para moradores de 0 municípios alagoanos (Foto: Arquivo Secom)

  A ordem de serviço para a execução da terceira etapa da obra de ampliação da Unidade de Emergência do Agreste será assinada nesta sexta-feira (19), às 10 horas, pelo governador Teotonio Vilela Filho. A cerimônia, que irá acontecer na sede da unidade hospitalar, situada na Avenida José Alexandre, em Arapiraca, terá a participação do secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas.
Orçada em R$ 6,3 milhões, a obra consiste na construção do Serviço de Nutrição e Dietética da unidade, agenciamento da rede de lógica e telefonia, sonorização e do circuito fechado e interno de televisão. A obra deverá ser executada em prazo de fixado em 150 dias, segundo prevê a ordem de serviço a ser assinada pelo chefe do Executivo estadual.
Para o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, a partir da conclusão da terceira etapa da obra de ampliação da Unidade de Emergência do Agreste, o Governo do Estado contribui para qualificar o atendimento aos pacientes atendidos na unidade. “Este será mais um passo para dotarmos a unidade de toda a infraestrutura necessária para atendermos os usuários do SUS com eficiência, agilidade e humanização”, destaca.

   Referência

Considerada referência no atendimento de urgência e emergência para os moradores de 50 municípios alagoanos, oriundos do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco, a Unidade de Emergência do Agreste foi inaugurada em 2003 e conta com 85 leitos, incluindo observação e Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Quando a obra de ampliação estiver concluída, o hospital terá sua capacidade de atendimento ampliada, com mais 90 leitos, segundo consta no projeto elaborado pela Superintendência de Atenção à Saúde.
Em mais uma ação executada para humanizar o atendimento na Unidade de Emergência do Agreste, em maio deste ano, a Sesau habilitou-a para integrar a Rede de Urgência, programa do Ministério da Saúde (MS). Com a ação, a superlotação da unidade foi resolvida, por meio da contratualização de54 leitos de retaguarda no Hospital Chama, além de mais sete de UTI.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *