sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020

Notícias

In:

Comunidade judaica repudia vereador de São Paulo por declaração antissemita

A Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) emitiu uma nota de repúdio ao vereador de São Paulo Adilson Amadeu (DEM), que durante uma sessão na Câmara Municipal na noite de ontem, 11, chamou de “judeu filho da p…” o colega Daniel Annenberg (PSDB).

“Mesmo no calor das discussões parlamentares, não há espaço para o aprofundamento de preconceitos, discriminações e divisões em nossa sociedade. Todos têm o direito democrático de se expressar, mas não podemos aceitar atos de racismo, contra a comunidade judaica ou contra qualquer ser humano”, diz a nota.

A Fisesp anunciou também que pretende tomar “medidas legais” contra Adilson Amadeu e informou que colocou à disposição de Annenberg “todo o seu aporte jurídico”. Annenberg já fez uma representação na Corregedoria da Câmara contra o ofensor e disse que vai registrar um boletim de ocorrência.

A ofensa se deu no contexto de uma discussão entre parlamentares a respeito de um projeto de lei de Amadeu que amplia restrições para a atuação de motoristas de aplicativos na cidade de São Paulo. Amadeu tem entre os taxistas seu reduto eleitoral.

Também por nota, Adilson Amadeu pediu desculpas “à comunidade judaica” e disse que a ofensa se deu “no calor da discussão”.

Autor: Gregory Prudenciano
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com