terça-feira, 18 de junho de 2019

Notícias

In:

Nadal estreará contra qualifier em Roland Garros e poderá fazer semi com Federer

As chaves dos torneios masculino e feminino de simples de Roland Garros foram sorteadas nesta quinta-feira, em Paris, onde Rafael Nadal soube que abrirá contra um tenista que virá do qualifying a sua campanha em busca do 12º título do Grand Slam francês, cuja edição de 2019 começará no próximo domingo. E o sorteio também confirmou que Roger Federer ficou no mesmo lado da chave do espanhol, que poderia encarar o suíço em uma eventual semifinal.

Caso confirme favoritismo na estreia, Nadal também enfrentará na segunda rodada um adversário que sairá no torneio qualificatório na capital francesa. Ainda à espera da definição do seu primeiro oponente, ele também aguarda pela confirmação dos tenistas que farão um duelo que determinará quem o enfrentaria na fase seguinte da competição. E o belga David Goffin, que foi às quartas de final na edição de 2016 do torneio e estreará contra o lituano Ricardas Berankis, tem boas chances de ser o terceiro rival do tenista da Espanha nesta campanha de 2019.

Segundo cabeça de chave em Paris, Nadal esteve presente à cerimônia do sorteio nesta quinta-feira, depois de ter conquistado, no último domingo, o Masters 1000 de Roma, o seu primeiro título nesta temporada. E ele exaltou o peso desta taça obtida na capital italiana antes de ele começar a buscar o seu 12º troféu de Roland Garros, do qual é o maior campeão da história.

“Foi um título importante para mim”, afirmou o atual vice-líder do ranking mundial, que depois reforçou: “Eu joguei muito bem durante todo o torneio e estou muito feliz por me encontrar nesta situação (às vésperas do Grand Slam francês)”.

Potencial rival de Nadal em uma possível semifinal, Federer vai jogar em Roland Garros após ficar ausente das últimas duas edições do importante evento. De volta ao saibro neste ano após se ausentar das temporadas de torneios nesta superfície em 2017 e 2018, o atual terceiro colocado da ATP vai abrir sua campanha contra o italiano Lorenzo
Sonego. E a sua rota na competição indica o argentino Diego Schwartzman, semifinalista do último Masters de Roma, e o italiano Marco Cecchinato, que foi à semi de Roland Garros no ano passado, como principais candidatos a enfrentá-lo em um eventual embate pelas oitavas de final.

DJOKOVIC – Atual líder do ranking mundial e vice-campeão do Masters de Roma no último domingo, o sérvio Novak Djokovic soube nesta quinta-feira que vai estrear nesta edição de Roland Garros contra o jovem polonês Hubert Hurkacz, de 22 anos e atual 43º colocado da ATP. Caso confirme favoritismo na estreia, o tenista de Belgrado vai pegar na segunda rodada o vencedor da partida entre o norte-americano Sam Querrey e um jogador vindo do qualificatório.

E grandes talentos da nova geração do tênis estão na provável rota de Djokovic. O canadense Denis Shapovalov e o croata Borna Coric, por exemplo, têm chances de se enfrentarem na terceira rodada em um jogo que poderia definir o adversário do sérvio nas oitavas de final. Já em um possível duelo pelas quartas de final, o número 1 do mundo poderá pegar o também jovem Alexander Zverev. Hoje na quinta posição do ranking, o alemão abrirá a sua campanha contra o australiano John Millman.

Deste mesmo lado da chave em Roland Garros estão o austríaco Dominic Thiem, atual vice-campeão em Paris e quarto colocado da ATP, e o argentino Juan Martín del Potro, o nono tenista do mundo. Eles são os principais potenciais rivais de Djokovic em uma eventual semifinal. Thiem estreará contra o norte-americano Tommy Paul, que entrou na chave principal com um convite da organização. Já Del Potro pegará o chileno Nicolas Jarry em seu primeiro desafio no torneio.

FEMININO – Já no torneio feminino de simples de Roland Garros, a romena Simona Halep, atual campeã, estreará contra a australiana Ajla Tomljanovic. E a atual tenista número 3 do mundo ficou no mesmo lado da chave em que estão a japonesa Naomi Osaka, líder do ranking, a checa Petra Kvitova e a norte-americana Serena Williams, respectivas sexta e décima pré-classificadas.

Atual campeã do US Open e do Aberto da Austrália, Osaka vai abrir campanha contra a eslovaca Anna Schmiedlova, 92ª colocada da WTA. Caso confirme favoritismo, ela terá pela frente uma pedreira na segunda rodada: a ganhadora da partida entre a bielo-russa Victoria Azarenka e a letã Jelena Ostapenko. A primeira delas é detentora de dois títulos de Grand Slam, ambos conquistados na Austrália, e a segunda faturou o troféu de Roland Garros em 2017.

Serena, por sua vez, estreará diante da russa Vitalia Diatchenko, enquanto Kvitova pegará a romena Sorana Cirstea na primeira rodada. Do outro lado da chave estão a checa Karolina Pliskova, vice-líder da WTA, e a holandesa Kiki Bertens, a quarta colocada. Elas poderiam travar uma eventual semifinal em Paris, sendo que Pliskova iniciará sua trajetória no torneio contra a norte-americana Madison Brengle e a tenista da Holanda medirá forças com a francesa Pauline Parmentier na rodada inicial.

Convidado pela organização de Roland Garros, o lendário judoca francês Teddy Riner, dono de duas medalhas de ouros olímpicas e outras nove douradas em Mundiais, participou do sorteio desta quinta-feira em Paris.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com