sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias

In:

Seagri contempla mais de 600 famílias com a distribuição de 57 mil kg de sementes, em Piaçabuçu

Por Giselly Vitória (sob supervisão)

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri-AL), Maykon Beltrão participou da entrega simbólica de sementes realizada no município de Piaçabuçu.

O evento contou com a presença do prefeito da cidade, Djalma Beltrão, e do secretário municipal de Agricultura, Gefson Monteiro. Somente da cidade do litoral sul, mais de 57 mil kg de sementes de arroz, feijão, milho e sorgo foram entregues às famílias cadastradas no programa.

Vale lembrar que, após a colheita, a colheita dessas sementes vai auxiliar na renda e na alimentação de 600 agricultores familiares do município.

“Os investimentos do Estado também favorecem os agricultores do litoral sul. É com esse trabalho que, o Governo de Alagoas, através da Seagri_AL, faz a geração de emprego e renda, movimenta o comércio local e cresce a economia de cada região. Além disso, o governador Paulo Dantas é um defensor da agricultura em valorizando os agricultores, Cooperativas e setores da área ao fomentar a economia nos 102 municípios alagoanos. Esse tem sido o nosso compromisso com a agricultura espalhada em toda Alagoas”, reforça Maykon Beltrão.

Já o prefeito Djalma Beltrão agradeceu o empenho da Seagri-AL, através da gestão de Maykon Beltrão, que segue fortalecendo a agricultura familiar nos municípios do estado.

“Em nome dos agricultores piaçabuçuenses, quero agradecer o governador Paulo Dantas por beneficiar Piaçabuçu, por meio do Programa Planta Alagoas, e ao secretário Maykon Beltrão que vem dando continuidade ao trabalho. Muito obrigado por acreditarem na força do trabalho do homem do campo, que faz a nossa economia ficar ainda mais forte”, comemorou Djalma Beltrão.

Para esta edição do Planta alagoas 2022, o Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Fecoep) disponibilizou cerca de R$ 20 milhões, com o objetivo de fomentar a renda e a mesa dos alagoanos dos 102 municípios. A estimativa de retorno financeiro pode ultrapassar, inclusive, mais de R$ 40 milhões circulando na economia alagoana.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *