quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Notícias

In:

Saúde lança novo protocolo de enfrentamento à sífilis

Por Ana Cecília da Silva

A Secretaria Municipal de Saúde lançou nesta sexta-feira (22), no auditório do prédio sede, o novo Protocolo Municipal de Enfrentamento à Sífilis, que pode ser conferido na página 22 edição do Diário Oficial de hoje. O documento foi elaborado pela Gerência Municipal de IST/Aids e Hepatites Virais com o objetivo de padronizar alguns procedimentos e garantir uma maior segurança dos profissionais que atendem, orientam e acompanham os pacientes em tratamento.

O lançamento do Protocolo também deu início à campanha Outubro Verde no município, que visa alertar para a importância do diagnóstico e tratamento adequados da sífilis entre homens e mulheres, sobretudo, nas gestantes.

Fernanda Rodrigues, diretora de Vigilância em Saúde de Maceió, participou da mesa de abertura do evento e destacou a importância desse novo instrumento. “Parabenizo os profissionais de saúde pela elaboração desse protocolo, pois esse é um avanço necessário no combate à sífilis, um agravo que traz tantas consequências drásticas e ao mesmo tempo evitáveis. A articulação entre as áreas de assistência e prevenção são fundamentais nesse processo”.

Mesa de abertura do evento. Foto: Ascom/SMS | Lançamento do Protocolo também marca a abertura da campanha Outubro Verde, que destaca a importância do diagnóstico e tratamento adequado para a sífilis

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren/AL), Renné Costa, também esteve presente e comemorou o lançamento do Protocolo, que entre outras providências, regulamenta a competência de prescrição de medicamentos para a sífilis por enfermeiros.

“A sífilis causa muitas sequelas, mas é uma doença 100% tratável e conta com um tratamento barato e disponível no SUS. Com essa nova portaria, nós enfermeiros e técnicos de enfermagem, temos um papel fundamental na erradicação desse agravo”, destaca.

A mesa abertura contou, ainda, com a presença de Sheila dos Anjos, gerente do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais da Sesau; Fábio Mota, técnico da IST/Aids de Maceió e Ivani Rocha, presidente da Associação Brasileira de Enfermagem Seção Alagoas (Aben/AL).

Dados epidemiológicos

A técnica de Vigilância em Saúde do município, Rita Mendonça, apresentou os dados epidemiológicos referentes à sífilis na série histórica de 2010 a 2020 e destacou a importância da notificação de casos. “Nos anos de 2017 e 2018 houve um aumento de casos tanto de sífilis adquirida quanto de sífilis congênita em Maceió e em 2019 a Vigilância intensificou os trabalhos de monitoramento para entender quais os determinantes para esse aumento. Entre os principais motivos estão a insuficiência de notificação em anos anteriores, a deficiência de registros desses casos em prontuários, entre outros”, explica.

Rita Mendonça, técnica de Vigilância em Saúde do município. Foto: Ascom/SMS

“Outro fator importante é que os diagnósticos de sífilis congênita, transmitida da mãe para o filho, apenas 35% eram feitos durante o pré-natal e 57% só no parto, o que dificulta o tratamento, então a proposta que o novo Protocolo traz é de alinhar, padronizar e organizar os processos de trabalho em nosso município e assim erradicar a doença”, completa Rita Mendonça, técnica de Vigilância em Saúde.

O Protocolo

Para a elaboração do Protocolo de Enfrentamento, foi considerada a Nota Técnica nº 03/2017 do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), que fala sobre a importância da administração da Penicilina nas Unidades Básicas de Saúde, principalmente para o tratamento da sífilis adquirida e sífilis congênita na gestação.

Participantes do evento. Foto: Ascom/SMS

Entre as orientações trazidas pelo novo Protocolo, está a regulamentação da competência de prescrição por enfermeiros de medicamentos contidos na Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (Remume) para o tratamento da doença e outras infecções sexualmente transmissíveis.

Fábio Mota, técnico do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais de Maceió comemora. “É um avanço muito importante para a saúde municipal, pois vai dar andamento, praticidade e resolutividade para o tratamento desses usuários. Porém, é preciso chegar junto da população que nem sempre tem acesso às Unidades de Saúde, ofertar testes para os grupos mais vulneráveis, pois só assim vamos conseguir diagnosticar, curar e tratar a sífilis”, afirma.

Fábio Mota, técnico do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais de Maceió. Foto: Ascom/SMS

O documento ficará disponível para consulta pública por 30 dias por meio do linkOs profissionais que estão no dia a dia desse trabalho poderão, tanto validar o conteúdo do documento quanto sugerir ajustes que consideram necessários.

Programação e Dia D

A programação da campanha Outubro Verde, celebrado este ano em 16 de outubro – terá continuidade com um seminário virtual nos dias 25, 26 e 27 deste mês, que debaterá temáticas relacionadas ao agravo. O seminário erá transmitido através da plataforma virtual Google Meet – será realizado sempre no horário das 15 às 17h.

No primeiro dia, a abordagem “Sífilis em adulto e gestante: diagnóstico, tratamento e seguimento”, será feita pela médica Mardjane Lemos, infectologista da Gerência Municipal e do Hospital Escola Hélvio Auto. Já no dia 26, será a vez da médica Auriene Flávia, também infectopediatra da Gerência Municipal e do HEHA, debater o diagnóstico, tratamento e seguimento da Sífilis, mas do tipo Congênita. E encerrando o seminário virtual, será abordado o tema “Manejo da reação da hipersensibilidade à Penicilina”, pelo médico Marcos Viana, do SAMU Alagoas.

No sábado (23) também será realizado o Dia D de combate à sífilis nas Unidades de Saúde que estão realizando a campanha do Outubro Rosa. Nessas unidades serão ofertados testes rápidos para detectar a sífilis. Também serão disponibilizados testes no Bloco I do Pam Salgadinho e no ponto de vacinação do shopping Pátio Maceió, na Cidade Universitária.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *