quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020

Notícias

In:

Pec draconiana

Por Oduvaldo Persiano

A denominada PEC de Emergência Fiscal,  Relada pelo Senador ORIOVISTO GUIMARÃES , de um Partido que tudo pode – O PODEMOS – , autoriza a redução do salário dos Servidores na hipótese de Crise Fiscal.  Senadores de diversos Partidos apresentam Emendas buscando afastar este Monstrengo do Relatório, porém o “convicto” ORIOVISTO, ”Senhor da Razão”, descartou quaisquer possibilidades de acatar as propostas sadias, justas e lógicas e, sobretudo humanas. Será que este Parlamentar é um daqueles que se beneficiaram com Ministério, Agência Reguladora, Estatal, etc? Tanto “carinho” e apego ao insensível Ministro Paulo Guedes, que atua como um Rolo Compressor para ter sua injusta e inaceitável idéia acolhida, pondo o Governo Bolsonaro contra os Funcionários Públicos, deixa uma interrogação no AR.

A proposta  que abarca um Pacote de Medidas elaboradas pela Equipe do Senhor Guedes  (tido como um Gênio ), deveria ser apontada para outras despesas que merecem imediato corte, tais como: Extinção da metade dos Ministérios que não produzem o suficiente para o engrandecimento da Nação, ao contrário, são responsáveis pelo INCHAÇO do Estado, com milhares de Cargos Comissionados e bem remunerados , Coordenações, Superintendências, Cartões Corporativos ( não criados agora, porém mantidos) , Agências Reguladoras que quase nada  regulam e às vezes baixam Ordens que atingem o povo , eterno pagador de pesados impostos que as mantém, a exemplo da ANAC e ANAEL,  Embaixadas improdutivas que remuneram seus integrantes  em moedas fortes,  vivendo nababescamente, sem um trabalho duro, sob sol  e chuva !…

Um item à parte faço constar propositadamente para ilustrar a impropriedade desta Emenda: Por que o ilustre Senador ORIOVISTO (prenome difícil) ,  não mira os próprios pés, extinguindo inúmeros benefícios assim denominados:  Passagens Aéreas 2 vezes por semana para Visitar as bases, Veículo Oficial com Motorista bem pago e Gasolina, Viagens para o Exterior, Assessores Parlamentares em abundância, Apartamentos Funcionais ou Hotéis, Publicações, Verba de Paletó ( por que não o terno completo ?) e outros Penduricalhos, tudo pago pelo Governo. O Orçamento do Congresso Nacional, se comparado com vários Estados pequenos e sacrificados, carecedores de Projetos do interesse da coletividade, (sabendo-se que as Unidades Federadas, com seus municípios, é que formam  uma Nação e não somente Brasília), fica em plano bem mais elevado.

Portanto, eminente Ministro Paulo Guedes, ponha este conselho em prática, pois não  classifico este rabisco como orientação, porque sou um pobre mortal semi-alfabetizado em relação à sua intocável pessoa. Depois que tudo isso for realizado, extinguindo também vários Órgãos da Presidência e de seu Ministério, alguns com funções correlatas e que são mantidos há anos, em diversos Governos, com altos salários em comparação aos demais Servidores que se esmeram para fazer funcionar a Máquina administrativa do País, bem como vários subsídios beneficiando empresas e Indústrias, sem nenhum retorno prático para o desenvolvimento da Nação Brasileira, verificar-se-á uma colossal economia para os cofres públicos, não sendo mais preciso reduzir salários, porque provavelmente  haverá sobra. Exagera-se nestas colocações, estimaria receber cópias dos Orçamentos do Congresso as Tabelas remuneratórias de todos os Cargos Federais, para corrigir os excessos, se ocorreram.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com