domingo, 29 de Março de 2020

Notícias

In:

Seduc promove Dia D da Leitura com alunos de escolas estaduais

Por Redação com Agência Alagoas
Evento visa fomentar o interesse pela leitura entre os jovens e divulgar a obra de autores alagoanos. Fotos: Valdir Rocha

Evento visa fomentar o interesse pela leitura entre os jovens e divulgar a obra de autores alagoanos. Fotos: Valdir Rocha

As escolas estaduais de Alagoas tiveram um dia especial nesta terça-feira (18), com a realização do Dia D da Leitura – Autores Alagoanos. Uma ação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o evento visa fomentar o interesse pela leitura entre os jovens e divulgar a obra de autores alagoanos.

Segundo Dileusa Costa, supervisora de Integração Escola e Comunidade da Seduc, o Dia D é uma das ações promovidas pela pasta em relação aos 200 anos de Alagoas.

“O Dia D almeja contribuir para fomentar o hábito da leitura entre os alunos da rede estadual e despertar talentos e habilidades. No decorrer dos últimos meses, promovemos concursos de redação e poesia que terão sua culminância no Encontro Estudantil, em agosto, e no desfile da emancipação em setembro”, informa Dileusa, adiantando que o resultado dos concursos será divulgado até o final de julho no site da Seduc.

Criatividade – Em todo o Estado, as unidades de ensino capricharam na produção do Dia D. Na Escola Adeilza Maria, na Chã da Jaqueira, os alunos se divertiram nas tendas de leitura, leram poesias de sua autoria e participaram de um bate papo com o escritor Anobelino Martins. Outra atração do evento foi a encenação de fábulas como Chapeúzinho Vermelho, que teve direito a narração de outra personagem famosa do imaginário infantil: a Bela, de “A Bela e a Fera”, interpretada pela estudante Ana Vitória de Freitas.

Também na Chã da Jaqueira, a Escola Estadual João Paulo II apostou na contação de histórias, cordel e música, tendo como convidados, dentre outros, o ator Chico de Assis, o cordelista Jorge Calheiros e a contadora de histórias Mônica Bernardo. Na ocasião, também houve o lançamento do jornal da escola produzido pelo grêmio estudantil.

As gestoras das escolas também destacaram a importância do evento. “Por meio da leitura, o aluno desenvolve uma melhor capacidade de interpretação que terá um resultado positivo não só em língua portuguesa, mas em todas as disciplinas”, diz Betânia Alves, da Escola Adeilza Maria.

Para Evângela Queiroz, da João Paulo II, o Dia D possibilita às escolas abordar a leitura de uma forma diferenciada. “Neste dia, toda a escola se mobiliza para oferecer ao aluno um momento especial, com uma abordagem instigante e prazerosa para despertar o gosto pela leitura”, afirma.

Incentivo – Os alunos que participaram do evento também elogiaram a iniciativa.

“Foi uma oportunidade para conhecer coisas novas e estimular muitas pessoas a lerem, até mesmo àqueles que não se interessavam muito por leitura”, avalia Nathalia Mikaelly da Silva, 7º ano do ensino fundamental da Escola Adeilza Maria. “O Dia D foi muito bom e é um incentivo para a leitura e para os estudos”, complementa Dhominique Lima, do 9º ano do ensino fundamental da João Paulo II.

Para os convidados, a ação foi um momento enriquecedor. “Aqui trocamos experiências e aprendemos um com o outro, mantendo viva a cultura alagoana”, ressalta o ator Chico de Assis. “Ter essa oportunidade de interagir com os alunos é algo muito rico, pois momentos como esse estimulam o surgimento de futuros poetas e escritores”, observa o escritor Anobelino Martins.

Compartilhe:
Tags: ,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com