domingo, 16 de Maio de 2021

Notícias

In:

Greve geral de 24 horas afeta vários setores na Argentina

Por Com Agência Brasil
A Aerolineas Argentinas avisou na sua pagina oficial que a paralização afetará suas operações hoje e também amanha (1º) e autorizou os passageiros, com viagens previstas para esses dias, a remarcarem as passagens até 30 de junho, sem cobrar multas ou ajustes. Quem quiser também poderá receber um reembolso de 100%

A Aerolineas Argentinas avisou na sua pagina oficial que a paralização afetará suas operações hoje e também amanha (1º) e autorizou os passageiros, com viagens previstas para esses dias, a remarcarem as passagens até 30 de junho, sem cobrar multas ou ajustes. Quem quiser também poderá receber um reembolso de 100%

    A greve geral de 24 horas liderada pelo setor de transportes paralisou uma série de serviços na Argentina, nesta terça-feira (31). Até a meia-noite de hoje não deve circular ônibus, trens, metro e caminhões, afetando outros setores, como os bancos.
Por causa da greve, as empresas aéreas TAM, Lan e Gol cancelaram os voos à Argentina ou provenientes do pais. A Aerolineas Argentinas avisou na sua pagina oficial que a paralização afetará suas operações hoje e também amanha (1º) e autorizou os passageiros, com viagens previstas para esses dias, a remarcarem as passagens até 30 de junho, sem cobrar multas ou ajustes. Quem quiser também poderá receber um reembolso de 100%.
A greve teve a adesão dos sindicatos opositores da Central de Trabalhadores da Argentina (CTA) e da Central Geral de Trabalhadores (CGT). Eles pedem a correção do limite de isenção do imposto sobre os salários, que atualmente está em 15 mil pesos, o equivalente a R$ 5,5 mil.
Alguns táxis trabalharam, mas bloqueios nas principais vias de acesso às grandes cidades impediram muitos argentinos de irem ao trabalho. As escolas e lojas permaneceram abertas, mas muitos alunos, professores e vendedores não puderam comparecer.
Esta é a quarta greve geral enfrentada pela presidenta Argentina, Cristina Kirchner, que está no final do segundo mandato. As eleições presidenciais serão em outubro, mas ela não pode se candidatar a um terceiro mandato consecutivo.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *