quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Notícias

In:

Em dia festivo, Fortaleza bate o Grêmio de virada e se distancia da degola

Em um dia festivo pela comemoração dos 101 anos fundação, celebrado na sexta-feira, e também pela marca de 100 jogos de Rogério Ceni no comando do Fortaleza, o time cearense derrotou o Grêmio por 2 a 1, de virada, neste sábado, no Castelão, na abertura da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, e abriu uma distância considerável da zona de rebaixamento.

O Fortaleza subiu para o 13º lugar e soma, agora, 31 pontos, com cinco de vantagem para a zona da degola. Já o Grêmio, focado na semifinal da Copa Libertadores e que, por isso, atuou com reservas, fica no sétimo lugar, com 41 pontos, e não consegue voltar ao G6.

A equipe de Renato Gaúcho passa a se concentrar totalmente no duelo mais importante do ano. Na quarta-feira, às 21h30, o time gaúcho encara o Flamengo, no Maracanã, no confronto que vale uma vaga na decisão da Libertadores. A primeira partida, em Porto Alegre, terminou empatada em 1 a 1.

O Fortaleza volta a campo pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro no próximo sábado, às 21 horas. O adversário será o Cruzeiro, no Mineirão. No domingo, o Grêmio receberá o Botafogo, às 16h.

O jogo apresentou vantagem do Fortaleza no placar e na organização. O time de Rogério Ceni foi superior na maior parte da partida. A equipe cearense foi dominada pelo Grêmio apenas nos primeiros minutos, período em que o time gaúcho abriu o placar em cabeceio de Paulo Miranda, após cobrança de falta de Rafael Galhardo.

A virada em casa teve participação fundamental de Wellington Paulista. O experiente centroavante liderou os mandantes ao fazer um gol e dar assistência para outro. Em seu tento, ele recebeu cruzamento da esquerda de Romarinho e se antecipou a David Braz para marcar aos 34 minutos.

Pouco tempo depois, o inspirado atacante, terceiro na lista de artilheiros do Brasileirão, com dez gols, e carrasco do Grêmio, contra o qual já marcou oito vezes em 20 jogos, mostrou recursos e virou garçom ao cruzar da direita na medida para Osvaldo, livre na grande área, fazer o gol da virada, aos 40.

Na etapa final, o Grêmio aumentou muito sua produção ofensiva e criou chances até para vencer a partida. No entanto, falhou nas conclusões. Até mesmo Everton e Diego Tardelli, titulares preservados na primeira etapa e que saíram do banco nos 45 minutos finais, não conseguiram vencer a defesa adversária.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 2 X 1 GRÊMIO

FORTALEZA – Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Quintero e Carlinhos; Felipe (Kieza), Juninho, Edinho (Nenê Bonilha), Romarinho (Marlon) e Osvaldo; Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

GRÊMIO – Phelipe; Rafael Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Romulo, Michel (Patrick), Thaciano, Luciano (Diego Tardelli) e Pepê; André (Everton). Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS – Paulo Miranda, aos nove, Wellington Paulista, aos 34, e Osvaldo, aos 40 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Andre Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS – Carlinhos, Gabriel Dias, Kieza e Marlon (Fortaleza); André (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO – Rafael Galhardo.

RENDA – R$ 208.741,00.

PÚBLICO – 26.124 pagantes (26.801 no total).

LOCAL – Castelão, em Fortaleza (CE).

Autor: Ricardo Magatti, especial para a AE
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com