terça-feira, 17 de setembro de 2019

Notícias

In:

Em reunião com alunos, Ifal Palmeira dos Índios trata sobre o Enade 2019

Por Assessoria

O Departamento de Ensino Superior (DES) do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Palmeira dos Índios, promoveu na manhã desta quinta, 15, uma reunião para tratar do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e da importância da participação dos alunos ingressantes e concluintes dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica para situação de regularidade em seu histórico escolar. O resultado do Enade faz parte dos indicadores de qualidade da educação superior.

O encontro foi ministrado pelo chefe do Departamento, Rodolfo Santos, e pelo coordenador de Engenharia Elétrica, Tiago Abreu. Este ano, a prova será aplicada em 24 de novembro, a partir das 13h30 (horário de Brasília) e tem como intuito avaliar o aprendizado de universitários em diferentes cursos superiores no país. O Enade é aplicado para estudantes ingressantes e concluintes dos cursos selecionados (em 2019 fazem parte da lista: Engenharias Elétrica e Civil). Por ser componente curricular obrigatório, ele é indispensável para o universitário obter o diploma.

O Enade faz parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e tem como objetivo geral avaliar o desempenho dos estudantes em relação a conteúdos programáticos, habilidades e competências para atuação profissional e conhecimentos sobre a realidade brasileira e mundial, bem como sobre outras áreas do conhecimento.

Em sua fala, Tiago lembrou que o Exame ocorre anualmente, mas para diferentes cursos. “O mesmo curso será avaliado a cada três anos. Por isso, se neste período você é concluinte ou ingressante, você deve fazer a prova, caso esteja no meio do curso, será dispensado”, disse.

Rodolfo alerta que é de suma importância para o alunado que ele se dedique à prova, afinal a nota dos alunos reflete no conceito do curso da instituição. “Não apenas compareçam à prova, dediquem-se. Se as notas forem baixas, isso repercute na instituição e consequentemente reflete em seus currículos, podendo ser prejudicial em seleções de emprego, mestrado e doutorado”, ressalta o professor.

Durante o encontro, Rodolfo confirmou que serão realizados preparatórios com o objetivo de instruir os discentes para a prova: “Faremos aulas extras para focar nas questões dos últimos exames e otimizar a realização das mesmas. Assim que o calendário dos encontros forem definidos, passaremos para vocês”, garante.

Provas

A prova do Enade tem duração de quatro horas e é composta por dez questões de Formação Geral e 30 questões de Componente Específico de cada área de avaliação. As questões discursivas do componente de Formação Geral trazem aspectos como clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto.

O que é avaliado no componente específico está listado nas portarias de cada área, já publicadas e disponíveis para consulta no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com