domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias

In:

Após perder pênalti assinalado pelo VAR, Grêmio bate Atlético-MG com gol de Vizeu

O Grêmio venceu o Atlético-MG por 1 a 0, neste sábado, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória gremista foi marcado por Felipe Vizeu, que entrou após o intervalo para marcar logo no primeiro minuto do segundo tempo. O centroavante substituiu André, que perdeu pênalti assinalado pelo VAR (árbitro de vídeo) no final da etapa inicial.

É o primeiro triunfo da equipe do técnico Renato Gaúcho no Brasileirão. Com o resultado, o time chega a cinco pontos e sobe provisoriamente à 16.ª posição, a um posto e um ponto da zona de rebaixamento, que tem a Chapecoense como primeira ocupante. Já o Atlético-MG perdeu a sua primeira partida fora de casa, estaciona nos 12 pontos, a quatro do líder Palmeiras, e pode sair da vice-liderança do torneio no término da rodada.

O Grêmio começou impondo o seu ritmo em casa. E um ex-jogador do clube tricolor foi o grande responsável por atrasar a abertura do placar. Logo aos 2 minutos de jogo, Maicon bateu da entrada da área e obrigou o goleiro Victor a fazer grande defesa.

Logo em seguida, os mandantes voltaram a levar perigo, desta vez contando com falha do goleiro atleticano: após escanteio, Victor tirou errado de soco e a bola ficou com Jean Pyerre, que dominou, tirou a marcação e mandou para o gol vazio. O lateral-esquerdo Fábio Santos deu carrinho para salvar os comandados de Renato Gaúcho.

No minuto seguinte, aos 4, o Grêmio seguiu na pressão e teve mais uma chance com Everton. O atacante da seleção brasileira puxou para a esquerda na entrada da área e fuzilou de canhota, mas mandou para fora. Aos 11, Fábio Santos voltou a aparecer bem na defesa atleticana, evitando finalização de André.

Três minutos depois, a equipe da casa criaria mais duas oportunidades. Na primeira, Jean Pyerre mandou para fora, mas Victor teve de fazer boa defesa logo após, em novo chute de Everton.

A partida seguiu difícil para o Atlético-MG, que tentava responder nos contra-ataques, mas sem muito sucesso. Já o Grêmio assustava periodicamente e criou mais chances. Após cobrança de falta de Jean Pyerre, Alisson cabeceou para mais uma defesa de Victor, aos 20 minutos.

A primeira chance dos visitantes veio no minuto seguinte. Patric cruzou da direita e achou Luan na segunda trave. O meia bateu de primeira, mas Paulo Victor mostrou reflexo e fez a defesa. Aos 22, Jean Pyerre voltou a levar o Grêmio à frente, só que a sua finalização parou na defesa adversária.

Sete minutos depois, Victor voltou a evitar um gol de seu ex-time. André dominou e bateu colocado, mas o goleiro atleticano voou para fazer a defesa com apenas uma das mãos. Grande defesa. Aos 34, Fábio Santos apareceu novamente para bloquear mais um chute gremista, desta vez de Alisson.

A metade inicial se encaminhava para a conclusão quando a arbitragem precisou do auxílio do árbitro de vídeo para dar o seu veredicto. A bola foi cruzada da direita para André, que se chocou com José Welison. Na sequência, Pedro Geromel chutou para balançar as redes de Victor. Inicialmente, o paranaense Rafael Traci marcou falta do centroavante gremista, mas o VAR mostrou que o volante atleticano tocou com a mão na bola e o juiz trocou a falta de ataque pelo pênalti para o time da casa.

O gol de Pedro Geromel não configurou aplicação da lei da vantagem, já que se iniciou um segundo lance após o desvio inicial. André foi lento para a cobrança e bateu rasteiro para fora, à direita da baliza defendida por Victor. Grande chance desperdiçada.

Renato Gaúcho não deixou barato e sacou o atacante no intervalo. Em seu lugar, o treinador colocou o também centroavante Felipe Vizeu. A substituição se mostraria um grande acerto. Isso porque o atacante fez o gol da vitória gremista no primeiro minuto da segunda etapa. Depois de cobrança de escanteio pela direita, ele recebeu livre na segunda trave após desvio no meio da área e encheu o pé de esquerda para fuzilar as redes.

Apesar do tento logo no primeiro minuto da metade complementar, o segundo tempo foi menos movimentado do que o inicial. O que não significa que mais chances não foram criadas. Pelo contrário. Ex-Atlético-MG, Diego Tardelli teve boa oportunidade aos 19. O atacante chegou batendo forte, mas Leonardo Silva e Victor bloquearam o chute do ídolo atleticano, que foi a campo pelo Grêmio depois do intervalo.

Aos 27 minutos, foi a vez do outro arqueiro brilhar. Geuvânio, que também entrou na segunda etapa, bateu colocado da entrada da área e obrigou Paulo Victor a fazer grande defesa para evitar o empate.

No restante da partida, o Atlético-MG tentou pressionar para igualar o marcador, mas não foi capaz de penetrar no eficiente sistema defensivo gremista armado por Renato Gaúcho. No fim das contas, vitória magra dos donos da casa, que chegaram ao seu primeiro triunfo no Brasileirão somente depois de seis rodadas.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 x 0 ATLÉTICO-MG

GRÊMIO – Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Rodrigues e Juninho Capixaba; Michel, Maicon, Jean Pyerre (Thaciano), Alisson (Diego Tardelli) e Everton; André (Felipe Vizeu). Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-MG – Victor; Patric, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison (Nathan), Jair, Cazares (Geuvânio), Luan (Bruninho) e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana (interino).

GOL – Felipe Vizeu, a 1 minuto do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Maicon (Grêmio); Luan, José Welison, Patric e Geuvânio (Atlético-MG).

ÁRBITRO – Rafael Traci (PR).

RENDA – R$ 444.432,00.

PÚBLICO – 13.714 pagantes (15.450 no total).

LOCAL – Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com