segunda-feira, 24 de junho de 2019

Notícias

In:

Sessão Especial discute avaliação e monitoramento do Plano Estadual de Educação

Por Assessoria

Assembleia Legislativa de Alagoas, fará uma sessão especial para avaliação e monitoramento do Plano Estadual de Educação (PEE), com foco na educação infantil.

“Alagoas só tem possibilidade de crescimento e desenvolvimento econômico, social e sustentável se nós tivermos uma educação pública de qualidade, inclusiva e transformadora”, lembrou a deputada Jó Pereira (MDB) ao fazer o convite para a sessão especial que acontece nesta segunda-feira, 25, às 15h, na Assembleia Legislativa de Alagoas, para avaliação e monitoramento do Plano Estadual de Educação (PEE), com foco na educação infantil.

Além de discutir as metas e estratégias do PEE, em vigor até 2025, serão debatidas ainda as dificuldades enfrentadas pelo Conselho Estadual de Educação.

Abordando o tema “Educação infantil. Direito da criança, obrigação de todos”, o encontro abordará também temas como desafios, perspectivas e contradições na implementação do Plano Nacional de Educação (PNE); Perspectivas do financiamento da educação infantil para os municípios e a defesa do fundo para creches; Os desafios da educação infantil para Alagoas e a Educação infantil dentro do PEE.

Propositora da sessão especial, Jó Pereira destacou que o Plano Estadual é o mais importante planejamento que o Estado de Alagoas pode ter: “ Nós só conseguiremos mudar a realidade que vivemos se tivermos planejamento de gestão e uma educação pública de qualidade e isso só acontece com base no Plano Estadual de Educação”.

Participam do encontro, como palestrantes, Célia Santos, doutoranda em Educação pela UFPE, membro do comitê diretivo do Movimento InterForuns de Educação Infantil do Brasil (MIEIB) e do Fórum em defesa da Educação Infantil de Pernambuco (FEIPE); Alessio Costa Lima, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); Suzana Marcolino, representante do Fórum Alagoano em Defesa da Educação Infantil (FADEDI) e professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e Juliano Matias de Brito, coordenador Geral do Fórum Estadual Permanente de Educação do Estado de Alagoas (FEPEAL), além de representantes da sociedade civil organizada e de outras entidades ligadas a educação.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com