terça-feira, 26 de Março de 2019

Notícias

In:

Renata Calheiros apresenta o projeto Cria no Seminário Internacional da Primeira Infância

Por Assessoria

Primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros.

A primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros, apresentou o programa Criança Alagoana (Cria) durante o Seminário Internacional da Primeira Infância, que aconteceu nesta terça (12) e quarta-feira (13), em Brasília, promovida pelo Ministério da Cidadania (MC). O evento reuniu especialista do Brasil e do mundo para debater políticas públicas de cuidados com gestantes e crianças de até seis anos de idade.

O programa Cria foi escolhido pelo Ministério da Cidadania por ter sido instituído para priorizar ações voltadas à primeira infância, e, em pouco tempo de implantação, já ter se tornado referência para outros Estados. Como coordenadora do Comitê Estratégico da Primeira Infância de Alagoas, Renata Calheiros, destacou os objetivos estratégicos do programa os resultados planejamento para os próximos anos.

“Alagoas tem hoje um programa que pensa e cuida da criança de forma integrada. Para isso mapeamos as ações nas áreas da saúde, educação e assistência social e realizamos um diagnóstico de como elas funcionavam e como poderiam ser otimizadas nos cuidados com nossas gestantes e crianças. Não se trata de uma nova estrutura, mas um programa que volta o olhar do serviço público e suas ações para garantia do bom desenvolvimento das nossas pequenas crianças”, disse Renata Calheiros.

 “O resultado de nossa forma de cuidar das futuras gerações é o Cria. Um programa que atua na proteção nutricional, na eficiência nos serviços de saúde, no vínculo familiar e estímulos adequados, no modelo de educação, na orientação sobre os direitos dos benefícios sociais e tantas outras políticas públicas, que resultarão em uma geração mais forte”, disse Renata Calheiros.

A primeira-dama destacou que o modelo do Criança Alagoana atua com indicadores de resultados para que seja aferida a eficiência do resultado do trabalho intersetorial das secretarias estaduais de Saúde, Educação e Assistência Social, além dos municípios que aderem ao programa. “Queremos saber se o que está sendo aplicado tem real benefício para sociedade e como podemos aprimorar o que estamos desenvolvendo” explicou.

Renata Calheiros deu como exemplo os indicadores de resultados positivos para Alagoas nos últimos anos, como a queda na taxa da mortalidade infantil, que foi de 2,28% entre 2015 e 2016, a maior redução na prevalência de desnutrição infantil, que o Brasil e a região Nordeste entre 2014 e 2017. Em 2017, foi o estado com menor razão de mortalidade materna e maior redução na última década.

FUTURO

Além de detalhar as atuais ações do Cria como o Programa de Cestas Nutricionais, Visita domiciliares, Circuito da Primeira Infância, avaliações antropométricas e o Hospital Coraçãozinho, a primeira-dama falou sobre o que vem de novidades nos próximos meses.

 “Teremos a inauguração do Hospital da Mulher, para atender dentro dos padrões ideais nossas gestantes e recém-nascidos, a construção das Praças da Primeira Infância, além uma plataformas de tecnologias que ajudarão no funcionamento do Cria, com eficiência e transparência”, finalizou Renata.

O ministro da cidadania, Osmar terra, disse que Alagoas teve lugar de destaque no seminário. “Vimos a experiência, os cuidados e inovações que o Cria vem trazendo. O Estado atua muito bem em parceria com o programa federal Criança Feliz, e o trabalho da primeira-dama, Renata Calheiros trará um resultado muito importante para a população de Alagoas, na área da primeira infância” relatou o ministro.

O Cria também mostrou que está em consonância com as melhores práticas que vem sendo estudadas e aplicadas no mundo, quando o assunto é primeira infância. Exemplo disso foram os estudos apresentados por especialista como o economista americano do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Norbert Schady que destacou a importância da implantação gradual do programa, como Alagoas faz e o uso de ferramenta para medir resultados.

A neuropediatra da Universidade de Chicago, Dana Landau Suskind, falou sobre a importância do vínculo da família com a criança e o incentivo aos bons estímulos mentais, principalmente nos três primeiros anos de vida, fundamentos do desenvolvimento também adotados pelo Criança Alagoana.

Além de Alagoas, o Estado do Ceará também foi convidado para falar sobre o programa Mais Infância Ceará, compondo mesa com Renata Calheiros a primeira-dama Onelia Leite. Estavam presentes no seminário a primeira-dama do Brasil, Michele Bolsonaro, deputados federais da Frente Parlamentar da Primeira Infância, prefeitos e estudiosos do Brasil e do mundo.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com