sexta-feira, 24 de Maio de 2019

Notícias

In:

A cor da mulher: unindo poesia e pintura, exposição encanta público

Por Assessoria

No mês das mulheres, a artista Dayse Pinheiro transformou suas pinturas em uma exposição que representa a figura da mulher por meio de ilustrações em preto e branco e aquarela. A mostra teve início na última sexta-feira (08) e ficará na Casa da Cultura até a próxima sexta-feira (15).

“O que mais me impressiona na expressão artística da Dayse é como ela consegue se colocar em diversas situações e representadas nos quadros, principalmente nessa exposição, onde ela aborda o ser mulher no dia de hoje. Ela busca elementos em pessoas próximas que a inspiram e, ao passar esse sentimento para tela, é como se aquele elemento, aquilo que ela viu na outra, se tornasse dela por um momento”, destacou Anderson Barros, coordenador e articulador do lazer e juventude, que ajudou na curadoria da exposição.

“A cor dar mulher” busca retratar as dificuldades, provações, desafios e demais experiências vividas desde a pequena infância até a vida adulta da mulher atual. Abordando temas como construção social, padrões estéticos, preconceitos e empoderamento.

“É uma honra poder expor minhas obras em um dia tão especial como o Dia da Mulher. Podemos mostrar o empoderamento feminino através da intensidade e do sentimento que transmito nas minhas pinturas. Gostaria de agradecer a Prefeitura, através da secretaria de Cultura, pela oportunidade”, frisou Dayse Pinheiro.

A ARTISTA

Dayse Pinheiro, jovem artista alagoana, nasceu em Arapiraca e sempre despertou forte interesse pela arte do desenho. Mudou-se para a capital para fazer faculdade, e retorna agora, com um diploma, um pouco mais de maturidade e o mesmo interesse pelas artes plásticas, representando a figura da mulher por meio de ilustrações em preto e branco e aquarela.

Comandando o projeto nomeado Eu Não Ilustro, mantém suas obras expostas no Instagram e outras mídias sociais, mas passa agora para esfera física, saindo do universo virtual para mostrar ao mundo a perspectiva vista por seus olhos. Sua primeira aparição pública, exposta no Vinil Coffee Bar, em meio a um evento musical, fez surgir a ideia de um evento mais seleto e específico, voltado a entender e comemorar o universo feminino e suas nuances mais coloridas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com