segunda-feira, 22 de Abril de 2019

Notícias

In:

Transmissão de sessões da Câmara pelas redes sociais é suspensa e recebe críticas

Por Redação

Mesa Diretora da Sessão desta quarta 27 na Câmara de Palmeira (foto Ascom)

A transmissão ao vivo das sessões da Câmara Municipal via redes sociais (Facebook), uma novidade que deu transparência à Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios iniciada na gestão do presidente Junior Miranda (PSL) por indicação da vereadora Ana Adelaide (MDB) foi suspensa nesta gestão do presidente da Câmara Agenor Leôncio (PSB).

A informação que chegou em Janeiro a redação da Tribuna do Sertão de que as sessões não seriam mais transmitidas se confirmou nas duas primeiras sessões do ano, realizadas neste mês de fevereiro (20 e 27).

Na semana passada entramos em contato com membros da edilidade palmeirense para checar a informação sobre a suspensão, mas justificaram a ausência da transmissão dizendo que por uma reforma na parte elétrica do plenário da Casa houve o desligamento temporário do sistema e que esta semana – antes da sessão – o caso já estaria resolvido.

Contudo, mesmo passando uma semana, prazo suficiente para que se resolvesse o problema do desligamento do sistema de transmissão, a Câmara de Vereadores realizou a sessão sem a transmissão que dá acesso a população de assistir ao vivo, sem ter que se deslocar ao plenário da Casa Legislativa, a atuação dos vereadores palmeirenses.

Advogado França quer explicação para a ausência de transmissão pelas redes sociais das sessões da Câmara

A atitude é “estranha”, disse o advogado Francisco de França, ex-presidente da Casa na década de 90 e esposo da vereadora Ana Adelaide que fez a indicação para que as transmissões das sessões fossem realizadas pelas redes sociais ao vivo.

Advogado protestou nas redes sociais

França que também já foi vice-prefeito do município protestou inclusive nas redes sociais indagando o porque da ausência da transmissão que vinha tendo boa audiência do público.

“Deve ter uma boa explicação para isso. Conheço o presidente é um homem sério e de bem. A transparência interessa a todos, além de ser a oportunidade de dar visibilidade ao trabalho dos vereadores. Essa é a segunda sessão que não é transmitida. Estranho”, arrematou, o advogado que obteve em sua postagem vários apoiadores que criticaram a medida (até agora sem explicação) da Mesa Diretora da Câmara.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com