terça-feira, 21 de Maio de 2019

Notícias

In:

“Tragédia anunciadas e Evitáveis”

Por Oduvaldo Persiano

A histórica e imorredoura frase do ex-Presidente  Francês Charles de Gaulle, bradando que “ O Brasil não era  um País Sério”, permanece viva e atuante no tempo e no espaço. As nossas questões importantes, os nossos Projetos de Desenvolvimento Sócio-Cultural-Econômico, em que pese bem elaborados ( o papel aceita tudo que nele se escreve), ou não são executados ou,quando isso ocorre, quase sempre aparecem falhas incorrigíveis, gerando vultosos prejuízos aos Cofres Públicos, mais das vezes com a perda de  vidas preciosas. Eis aí as ultimas Tragédias das Barragens de Mariana , Brumadinho,somando-se o Museu Nacional e do Flamengo. Trago à colação, para melhor ciência dos fatos, tópicos do Poema de DRUMMOND:”  “O Rio Doce; A Vale ? Amarga ;- A Dívida Interna; A dívida Externa ; A Dívida Eterna ; Quantas toneladas exportamos de ferro ? ; Quantas Lágrimas disfarçamos, sem Berro “.

A Vale tem parceria com Empresa Estrangeira  poderosa, vem faturando bilhões, constroe Barragens a seu gosto, para reforço de seu Caixa, sem  ser importunada ! Após 3 anos do desastre de Mariana, surge este bem mais potente e que ceifou centenas de vidas humanas preciosas. Quem vai ressuscitar os mortos?  Quem repara a dor das famílias enlutadas? IMPUNIDADE dos infratores e CONVENIÊNCIA dos Govêrnos, há tempo.

No episódio do recente  incêndio do Flamengo, resta consolidada  a convicção de que a vida humana, os bons  propósitos, as boas intenções, os Conselhos dirigidos à conquista de valores maiores, etc, são relegados a um plano TERCIÁRIO. É um absurdo verificar-se que 31 multas foram aplicadas e nenhuma providência objetiva foi adotada ! Os garotos que seriam posteriormente elevados à categoria de titulares do Club, viviam num PARDIEIRO. Pois bem: insensíveis à condição de humanos dos Jovens que buscavam um futuro promissor, os dirigentes do famoso Club  , os colocaram em Pocilgas , sem o mínimo conforto desejável para a atividade desenvolvida e sem a indispensável SEGURANÇA. Quando o fato acontece, aí aparecem as “explicações” inconsistentes, sendo que a culpa, ordinariamente, é transferida a terceiros ou simplesmente manejam o vocabulário, de modo a que a responsabilidade pessoal ou de Grupo seja afastada. Onde está o IBAMA E ouros Órgãos tão rigorosos quando enfrentam pequenos casos ? Se um cidadão, por exemplo ,  for flagrado com uma Gaiola onde cria um pássaro de estimação, bem mais cuidado do que solto, é preso e processado. Se uma àrvore que pode gerar danos materiais e/ou humanos, for derrubada, o sujeito é penalizado igualmente !…

Acerca do lamentável  Incêndio, se fosse um Timinho de Subúrbio, logo na segunda multa , sua renda seria  confiscada e seu pequeno patrimônio tornado indisponível . O Rio de Janeiro parece ter sido alvo  de forte Tsunami, sendo impiedosamente corroído nas administrações de Sérgio Cabral. Outros fatos negativos  se sucederam depois das prisões destes inconseqüentes Gestores, estando o Museu Nacional classificado como um péssimo exemplo de irresponsável gestão. Agora apontam  os erros e “soluções” tardias!… Dispõe o Governo Federal de estrutura capaz de orientar e decidir o que for mais convenientemente e proveitoso para a população desprotegida. Trata-se de uma OMISSÃO CRIMINOSA.  Triste mesmo é imaginar que temos 3.800 Barragens de Risco e nada se produziu durante sucessivos Governos , para uma solução sustentável em face de tragédIas evitáveis.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com