quarta-feira, 20 de Março de 2019

Notícias

In:

UE pede por novas eleições na Venezuela

A comissária de política externa da União Europeia, Federica Mogherini, pediu por um processo político na Venezuela que leve a novas eleições depois que o líder opositor Juan Guaidó se autointitulou presidente encarregado do país em meio a protestos contra o governo de Nicolás Maduro. Em um comunicado emitido nesta quinta-feira, Mogherini disse que a voz dos venezuelanos pedindo por democracia “não pode ser ignorada”.

Ela afirmou, ainda, que a UE “apela fortemente para o início de um processo político imediato que conduza a eleições livres e credíveis, em conformidade com a ordem constitucional”. De acordo com Mogherini, a UE apoia a Assembleia Nacional venezuelana e pede que seus poderes sejam restaurados e respeitados.

A comissária do bloco afirmou, ainda, que a segurança e os direitos dos legisladores e de Guaidó devem ser protegidos e afirmou que as 28 nações da UE estão prontas para ajudar a apoiar o retorno da Venezuela à democracia e ao estado de direito. Entre os chefes de estado, o presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou que a eleição de maio de 2018, que consagrou Nicolás Maduro, foi “ilegítima” e saudou a bravura dos venezuelanos que exigem liberdade. Fonte: Associated Press.

Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com