quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias

In:

Por que é importante saber escolher o advogado certo para sua causa?

Por Assessoria

Existem hoje no Brasil mais de 1 milhão de advogados credenciados a OAB, número que pode representar uma grande quantidade alternativas para quem precisa contratar os serviços de um advogado.

Dificilmente uma pessoa passa pela vida sem precisar das orientações e do respaldo jurídico de um ou mais advogados em algum momento. E como quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade, é preciso toda a cautela na hora de escolher o profissional que acompanhará o seu processo.

O primeiro ponto que precisa ser avaliado é se a contratação de um advogado realmente é necessária. Devido a lentidão e aos custos altos de se levar um processo judicial adiante o número de acordos extrajudiciais vem crescendo a cada ano, muitas vezes sendo resolvidos entre as partes, sem a necessidade de advogados e audiências.

Depois de certo que há a necessidade da atuação de um advogado no processo, é necessário verificar se os profissionais que estão sendo analisados possuem os registros necessários para exercer a profissão.

No Brasil não é permitido que advogados exerçam a profissão sem serem inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil e consequentemente terem seu cadastro válido no Cadastro Nacional de Advogados (CNA).

É muito comum que as pessoas procurem primeiramente ajuda de um advogado que esteja mais acessível, como aquele filho do vizinho do sobrinho que é formado em Direito. O problema desse tipo de orientação é que um advogado deve ser especialista em determinadas áreas do Direito.

Assim como os médicos, que optam por se tornarem especialistas em determinadas áreas da medicina como ortopedia ou cardiologia, os advogados também fazem esse tipo de especialização.

Existem dezenas de especialidades dentro do direito, como Direito Comercial, Direito Criminal, Direito Ambiental, Direito Internacional, Direito Tributário e muitas outras especialidades. Por isso, antes de contratar um advogado é preciso descobrir se ele é especialista na área que você precisa. De nada adianta contratar um advogado especialista em Direito Previdenciário para atuar como defensor em um processo criminal.

Os custos também devem ser levados em conta na hora de decidir qual advogado será contratado, e podem tornar inviável a contratação do profissional dependendo da causa na qual o contratado atuará.

Fatores como a experiência e renome do profissional, sua especialidade e o escritório que ele representa, se esse for o caso são importantes na hora de avaliar os custos dos serviços de cada profissional.

Também é necessário que esteja claro em contrato todas as atividades, honorários e todos os detalhes necessários para que a relação entre contratante e contratado transcorra da maneira mais clara possível e para que não ocorra nenhum tipo de surpresa ao final da relação contratual.

É preciso compreender também o fato de que o advogado não tem a obrigação a obter o resultado desejado pelo contratante já que o resultado de uma ação depende de diversos detalhes que são analisados para que seja emitida a sentença final. Isso não isenta o advogado contratado de zelar pelos interesses do seu cliente, aplicando toda sua experiência e técnica buscando o melhor resultado possível.

Escolher o profissional mais adequado para atuar em determinado tipo de ação pode ser determinante para o resultado final do processo, e tomando alguns cuidados simples, mas que são imprescindíveis, é possível obter um resultado favorável em seus processos.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com