terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Palmeira: prefeito e vereadores fecham acordos e selam ‘paz’ em troca de favor

Por kleverson levy

Enfim! A paz foi selada entre o prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cezar (PSB), e a Câmara de Vereadores do município.

Se antes, o prefeito estava em confronto com o G-10 (grupo dos 10 vereadores); agora, os nobres parlamentares estão satisfeitos com o gestor – após uma reunião ocorrida ontem, 28, no gabinete do “Imperador”.

Da sede da Prefeitura, representantes do G-10 (Agenor Leôncio, Ronaldo Raimundo Jr, Madson Monteiro, Fábio Targino, Maxwell Feitosa, Val Enfermeiro, Abraão do BMG, Pedrinho Gaia, Joelma Toledo e Cristiano Ramos) receberam a incumbência de dialogar e fazer os acertos com JC.

Entre os acordos firmados, segundo fontes do Blog Kléverson Levy, a famigerada troca de favor entre a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Palmeira dos Índios. Afinal, com maioria na casa legislativa, o prefeito não terá problemas em aprovar projetos de interesses do Poder Executivo.

Há pouco mais de dois dias, o prefeito “Imperador” contava – fielmente – com Ana Adelaide, Junior Miranda, Toninho Garrote, Fabiano Gomes e Dindor. A partir de ontem, graças aos acordos de bastidores e espúrios, JC terá os quinze (15) para dar andamento aos seus cumprimentos de gestor.

Contudo, na troca de favores, os vereadores – antes uma ‘oposição branca’ – passam a ter “voz e vez” para indicar cargos comissionados, inclusive, dizem que até algumas secretarias municipais serão de indicação dos edis, além de contratos específicos com o município. Aliás, isso é apenas uma das vantagens propostas e conhecidas como o “cala a boca” para selar paz e união entres os Poderes.

Ou seja, vou repetir o que já escrevi neste espaço: a verdadeira troca de favor em prol dos interesses próprios, pessoais e políticos. O mesmo que dizer: primeiro eu e minha família, segundo eu e meus parentes, terceiro eu e meus amigos…. e o Povo?

Portanto, a população palmeirense não espere que o trabalho entre os Poderes Executivo e Legislativo será pensando no povo. Aliás, aguardem para ver de perto a troca de ‘amabilidade’ de quem terá ganhos, benesses e vantagens (in) devidas.

Em tempo! Vale o questionamento aos vereadores que agora estão em apoio ao “Imperador” palmeirense: como ficarão suas atuações diante de alguns levantamentos feitos por vocês até na tribuna da Câmara? A exemplo de:

– A briga sobre o ‘rateio’ dos recursos dos precatórios do Fundef para Educação municipal;

– O questionamento sobre o decreto do Poder Executivo que usa Lei Delegada de 2017;

Acesso aos contratos e licitações pedido judicialmente na Comarca de Palmeira;

E tantas outras questões que a própria Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios levantou.

Portanto, se Prefeitura e Câmara estão em clima de “bel-prazer”, resta ao cidadão palmeirense e o Ministério Público do Estado (MPE) de Alagoas ficar atento às ações ‘conjuntas’ dos Poderes.

 

Nota da redação: O vereador Junior Miranda ligou para redação do jornal e informou que não integra o “grupo dos 15” vereadores.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com