domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias

In:

Buzacarini perde na semifinal e Brasil fecha Grand Slam de judô sem medalhas

O judô brasileiro fechou sua participação no Grand Slam de Osaka, no Japão, sem medalhas. Neste domingo, quatro atletas do País entraram em ação e não conseguiram subir ao pódio. Quem chegou mais perto foi Rafael Buzacarini, que foi à semifinal da categoria até 100kg.

Buzacarini iniciou bem sua trajetória em Osaka, vencendo por wazari seus primeiros combates, contra o norte-americano L.A. Smith III e o georgiano Varlam Liparteliani, e por ippon diante do sueco Joakim Dvarby. Nas semifinais, porém, caiu para o japonês Aaron Wolf por um wazari, o que o levou à repescagem. E nela, o brasileiro foi novamente derrotado, por ippon, pelo português Jorge Fonseca.

Outro que ficou perto do bronze foi Rafael Macedo (90kg). Neste domingo, ele derrotou por ippon o estoniano Mattias Kuusik e o holandês Jesper Smink, mas caiu na sequência para o japonês Shoichiro Mukai, por ter levado três punições. Na repescagem, ainda bateu o checo David Klammert, por ippon, mas na disputa do bronze acabou perdendo para o alemão Eduard Trippel.

Uma das grandes esperanças brasileiras era Rafael Silva, o “Baby”, mas ele decepcionou. Na categoria para atletas com mais de 100kg, foi derrotado logo na estreia pelo alemão Sven Heinle, por ippon, ficando bastante distante da briga por medalhas.

Única mulher brasileira a lutar neste domingo, Beatriz Souza (+78) venceu a estreia diante de Gabriella Wood, de Trinidad e Tobago, por ippon, mas perdeu na sequência para a japonesa Akira Sone. Na repescagem, aplicou outro ippon, na croata Ivana Maranic, mas depois caiu para outra japonesa, Nami Inamori.

Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com