quarta-feira, 18 de julho de 2018

Notícias

In:

Funcionário de centro de assistência social é assassinado em São Paulo

Um funcionário do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sé, da Prefeitura de São Paulo, foi morto a tiros em um anexo da unidade, localizado no Bom Retiro, na manhã desta quarta-feira, 11. Um suspeito de ter cometido o crime está sendo procurado pela polícia.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública, o crime aconteceu às 6h da manhã desta quarta na Avenida Tiradentes, onde está localizado o centro. O homem entrou no local, efetuou os disparos contra Wilson Silva Teles, de 41 anos, que trabalhava há cinco anos no local, e fugiu. Teles era funcionário terceirizado do setor de transportes e estava no prédio da Supervisão de Assistência Social (SAS) quando foi atacado.

A Polícia Civil investiga um homem de 36 anos que é considerado suspeito de ter cometido o homicídio. Os investigadores pediram a sua prisão temporária e, até a noite desta quarta, ainda realizavam diligências para tentar localizá-lo. O caso foi registrado como homicídio simples no 2º Distrito Policial (Bom Retiro), que deve dar continuidade às investigações do caso.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) lamentou o ocorrido e informou que os serviços para atendimento ao público foram temporariamente suspensos. O Cras faz em média, mensalmente, 4 mil atendimentos diretos.

Autor: Ana Paula Niederauer e Marco Antônio Carvalho
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com