sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Notícias

In:

Saúde inicia campanha de verminoses em escolas de Palmeira

Por Redação com Assessoria de Comunicação

PHOTO-2018-05-14-11-32-18[2]

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e do setor de Vigilância Epidemiológica, iniciou a V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose. A campanha acontece em 48 escolas municipais, sendo 4 pactuadas para o tratamento de tracoma.

O público-alvo da campanha são alunos de 5 a 14 anos de idade, matriculados no Ensino Fundamental. O objetivo é esclarecer sobre os sinais e sintomas das doenças e ensinar as crianças a se protegerem, fato que favorece o diagnóstico precoce e o tratamento imediato. A equipe é composta de 3 médicas, 2 enfermeiras e profissional da saúde para o apoio. “Estamos realizando a busca ativa de casos novos de hanseníase e exame dos contatos e profilaxia para as geo-helmintíases, exames para detecção e tratamento dos casos de tracoma em escolares e dos contatos domiciliares, tratamento dos alunos e indicando tratamento”, explica Myria Sá, responsável pela Vigilância Epidemiológica da SMS e uma das enfermeiras da campanha.

HANSENÍASE

Doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium leprae. Atinge principalmente a pele e os nervos de pessoas de qualquer sexo, idade ou classe social. Se não for tratada, a doença pode causar diversas deformidades pelo corpo.

VERMINOSES

Infecções causadas por parasitas que se instalam no interior do corpo. As verminoses podem causar dores abdominais, diarreias frequentes, anemia, palidez excessiva, perda de peso, barriga inchada e sangramentos intestinais. Em crianças, pode haver dificuldade de aprendizagem e retardo no crescimento.

TRACOMA

Doença bacteriana que acomete os olhos. Se não for tratada, pode prejudicar a visão e causar cegueira. Os olhos de pessoas afetadas pelo Tracoma podem apresentar vermelhidão, lacrimejamento, coceira, irritação, secreção, sensação de corpo estranho e intolerância à luz. Em alguns casos, não há manifestação de sintomas.

Compartilhe:
Tags:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com