domingo, 21 de outubro de 2018

Notícias

In:

Moisés Machado volta a cobrar presença de Teófilo no Legislativo

Por Roberto Gonçalves
Moisés Machado

Moisés Machado

O vereador Moisés machado (PDT) voltou a cobrar em pronunciamento na sessão ordinária dessa sexta-feira (24) a presença do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) para explicar sobre a denuncia do suposto calote de R$ 600 mil a uma empresa de auditória, denunciada pelo administrador de empresas Luiz lobo ao Ministério Público Estadual (MPE) em abril deste ano.

A denúncia, obteve grande repercussão nos meios de comunicação de todo o Estado e revela um fato, que segundo o promotor Napoleão Amaral vai de encontro a todos os princípios da administração pública, que foi o pagamento de 10% do valor do débito pago ao auditor por uma empresa de construção civil que teria como sócio, o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Antônio Lenine Pereira Filho. De acordo com a denúncia feita ao MP, o pagamento teria sido efetuado através de uma Transferência Eletrônica Direta – (TED).

Moisés Machado reclamou que, apesar da aprovação por unanimidade do Requerimento de autoria dos demais vereadores Léo Saturnino (MDB) Sergio do Sindicato (PPS) Fábio Henrique (PCdoB) e Rogério Nezinho (MDB) o prefeito Rogério Teófilo não deu até o momento, nenhuma satisfação se vai comparecer ou não ao plenário do Poder legislativo.

O vereador Léo Saturnino em seu pronunciamento na sessão dessa quinta-feira (24) sugeriu que em razão do prefeito não dar nenhuma resposta aos vereadores, sugeriu que seja feito um Requerimento solicitando a presença do autor da denuncia Luiz lobo no plenário da Câmara Municipal para dar explicações mais detalhadas sobre o conteúdo da denúncia que se encontra no Ministério Público Estadual (MPE).

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com