segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Notícias

In:

Com investimentos da Casal, Piaçabuçu volta a ser abastecido com regularidade

Por Redação com Agência Alagoas
Nova estação de captação de água no rio São Francisco para atender Piaçabuçu já está em operação(Fotos: Ascom/Casal)

Nova estação de captação de água no rio São Francisco para atender Piaçabuçu já está em operação(Fotos: Ascom/Casal)

O abastecimento da cidade de Piaçabuçu voltou à normalidade, após a entrada em operação, na semana passada, de uma nova estação de captação de água bruta no rio São Francisco, distante seis quilômetros da antiga. Depois de alguns dias de testes, a bomba já opera em plena capacidade, garantindo água para a zona urbana 24 horas por dia.

Nessa nova captação e numa adutora com seis quilômetros de extensão – que é interligada à Estação de Tratamento de Água (ETA) – o Governo do Estado, por meio da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), investiu mais de R$ 1,5 milhão, com recursos próprios.

A medida foi necessária em virtude do aumento da salinização da água do rio no ponto onde fica a antiga captação, em decorrência da redução da vazão nas represas hidroelétricas e do aumento da intrusão salina. Com isso, a Companhia fazia duas paradas diárias, com duração de quatro horas cada, durante os picos de salinidade da água.

“Agora, como a nova captação é seis quilômetros distante da antiga no sentido rio acima, ou seja, com menos influência da água do mar, o sistema funciona sem interrupções e capta sempre água doce. Essa primeira semana de funcionamento foi muito positiva e a água voltou com pressão e regularidade às casas das pessoas”, salientou o presidente da Casal, Clécio Falcão.

Ele ressaltou que a bomba da nova captação, situada nas proximidades do povoado Penedinho, em Piaçabuçu, tem potência de 50cv e uma vazão média de 250 metros cúbicos de água por hora.

Já a nova adutora, que leva o líquido desse ponto de captação até a ETA, tem diâmetro de 200 milímetros. Na zona urbana de Piaçabuçu, a Casal atende a mais de 2.800 ligações ativas de água, o que representa, aproximadamente, 11 mil pessoas beneficiadas.

Com o retorno do bombeamento em maior potência e regularidade é provável que, em alguns pontos, surjam vazamentos causados por rompimentos da rede. Nesses casos, a Casal pede que os moradores informem ao escritório local da Companhia para que entrem na programação de conserto.

Eventualmente e por curtos períodos, também poderá ser necessário fazer algumas paradas da captação para retirada de vegetação aquática que aparece no entorno do flutuante. A necessidade desse procedimento, porém, ainda será avaliada pelos técnicos da Casal.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com